Práticas esportivas

O que é yoga, para quem é e como começar a praticar?

single image

Prática milenar de alcance mundial, o yoga é uma atividade física e também uma filosofia de vida que trabalha concentração, força e flexibilidade para atingir um único objetivo: a união entre mente, corpo e espírito.

Isso porque a modalidade é baseada numa crença que, para haver equilíbrio na vida, é necessário que esses três pilares estejam em harmonia. E para alcançar esse propósito, a prática usa como auxiliares os asanas (posturas), a meditação e o controle da respiração. Assim, é possível ter saúde e bem-estar todos os dias. 

Afinal, o que significa yoga?

Palavra de origem sânscrita, traduzida como “unir” ou “controlar”, o yoga é uma arte milenar e também uma filosofia de vida. Com mais de cinco mil anos de existência, ele surge na Índia, sendo composto por exercícios e técnicas que visam o bem-estar do yogi (praticante).

Enquanto modalidade, o yoga possui inúmeras vertentes, cada qual com suas particularidades. Todas têm o objetivo de usar o corpo como ferramenta de equilíbrio pessoal, por isso as diversas posturas. O foco é trabalhá-las em conjunto com a respiração, para que assim se tenha harmonia nos movimentos.

Também é importante lembrar da presença da meditação, técnica que é essencial para as aulas. Através dela, é possível ter concentração e controle da qualidade dos pensamentos, garantindo uma prática eficaz. Em paralelo, é o que sustenta (junto da respiração) boa postura para executar os asanas.

Por fim, como filosofia, o objetivo é trabalhar, de forma consciente, a mente e o corpo. Estabelecendo harmonia entre ambos, pode-se obter paz interior, controle da mente e conexão com o Universo. 

Para além de uma atividade, o yoga é um estilo de vida que faz os praticantes pensarem nos próprios atos, tirando a rotina do automático.

Quais os tipos de yoga mais populares?

Com o passar do tempo, a modalidade foi adaptada para agregar diversos perfis de praticantes e, consequentemente, novos estilos surgiram. É possível praticar yoga para ganhar força e resistência muscular, flexibilidade, ou apenas ser uma escolha para o bem-estar.

Existe uma infinidade de opções, e a seguir você confere as 5 mais populares:

Tabela ilustrativa com os 5 tipos de yoga mais populares ao redor do mundo

1. Hatha Yoga

Considerada como a principal ramificação do yoga, o estilo Hatha é caracterizado pela união entre mente e emoção. Isso porque a modalidade acredita na transcendência através do corpo, logo, para alcançar esse objetivo, é importante que esses dois pilares estejam alinhados.

Estilo mais popular ao redor do mundo, o Hatha utiliza as posturas mais comuns da prática, logo, é um tipo simples e versátil para todos, independentemente dos objetivos com as aulas. E pelo foco ser na saúde, é uma variação sem vínculos filosóficos.

2. Kundalini Yoga

Estilo procurado por aqueles que buscam o autoconhecimento, a Kundalini nada mais é do que um símbolo para a base energética do ser humano, que representa o momento do agora. Ou seja, é uma versão do yoga que reflete as ações e desejos do consciente, através de uma prática intensa e estimulante.

Por mais que a descrição a coloque como uma vertente mais difícil, a Kundalini Yoga pode ser resumida em exercícios energizantes e dinâmicos, com foco na meditação para trabalhar em profundidade o lado espiritual do praticante.

Se você deseja ter um contato mais íntimo consigo e quer se livrar do estresse diário, esse é o tipo de atividade que pode satisfazer suas necessidades!

3. Ashtanga Yoga

Variação do Hatha Yoga, o Ashtanga trabalha com uma sequência de 6 séries fixas que avançam ao longo dos anos, com muito treino e dedicação. Cada série possui uma ordem de posturas, nas quais o yogi compreende o próprio corpo. A cada aula, é possível ganhar consciência corporal, força e flexibilidade

Aqui, os asanas precisam ser feitos de acordo com a capacidade de quem o pratica, logo, não é possível fazer a série 2 sem antes completar com maestria a série 1. Isso acontece porque o corpo precisa ter mobilidade e estrutura o suficiente para realizar as posturas, ou seja, para não sofrer nenhum tipo de lesão, é necessário ir aos poucos.

Considerado por muitos um dos estilos mais complexos, não existe registro de alguém que tenha realizado todas as 6 séries. Também, vale pontuar que essa é uma prática difícil, então não faça sem a supervisão de um instrutor qualificado!

4. Power Yoga

O Power Yoga também é uma variação do Hatha. Nela, o yogi precisa conciliar a respiração com as posturas da prática. No decorrer das aulas, os asanas ficam mais intensos, então, saber controlar o ar que entra nos pulmões é uma habilidade necessária para evoluir nessa ramificação.

Como benefício, é possível melhorar o condicionamento físico e resistência muscular, além de auxiliar no emagrecimento, afinal, a troca de posturas constante auxilia no alto gasto calórico.

Vale observar que, por necessitar de controle dos movimentos entre as séries, o Power Yoga não é para iniciantes, visto que exige certo nível de força e preparo físico.

5. Vinyasa Yoga

Por fim, um último estilo para te inspirar a buscar uma vida mais saudável é o Vinyasa Yoga!

Com o objetivo de focar na respiração e na intensidade das posturas, o Vinyasa tem como meta a dinamicidade, logo, não é uma escolha para todos. Isso porque é necessário ter conhecimento prévio dos asanas, então é indicado apenas para quem já conhece e pratica as variações Hatha ou Ashtanga.

Contudo, por mais que seja uma vertente mais avançada, nada impede de pesquisar um pouco mais e buscar, na medida do possível, a evolução necessária para começar na modalidade!

Os mitos mais comuns sobre yoga

Você já deve ter escutado que o yoga é “paz e amor”, ou que só pode praticar quem tem paciência. Pelo contrário do que é difundido, essa atividade requer consistência e perseverança, afinal, é uma modalidade séria como as demais no mundo esportivo.

Se você quer começar, mas acha que a atividade não é para você, confira abaixo alguns dos mitos mais comuns sobre yoga para entender melhor as características dessa modalidade.

4 imagens circulares, cada qual correspondente aos mitos mais comuns sobre o yoga

Benefícios ao praticar yoga

Agora você já sabe que o yoga é uma modalidade incrível, versátil e completa para a sua rotina. Além de manter o corpo ativo e ajudar a combater o estresse diário, a prática constante pode te entregar diversos benefícios como:

Ou seja, diversos impactos positivos que podem transformar a sua vida!

Como começar a praticar?

Para terminar, vamos as considerações finais. O que fazer para começar a praticar yoga com segurança?

Em primeiro lugar, busque um estúdio ou local apropriado, com instrutores qualificados para evitar qualquer tipo de lesão ou problema futuro. Por mais que possa parecer simples, o yoga é uma atividade que demanda cautela e atenção.

Também, não esqueça de usar roupas leves para se exercitar no decorrer das aulas, até porque o corpo estará em constante movimento. E claro, use um tapete de yoga como superfície para treinar com conforto e segurança.

Por fim, busque o tipo ideal para a sua realidade, sem se preocupar com performance ou dificuldade. O importante é começar aos poucos, para depois se arriscar em outras modalidades!