single image

Os exercícios aeróbicos, corridas ou caminhadas tornaram-se uma das mais populares formas de treinamento e de condicionamento físico. Uma consequência indesejada e negativa decorrente do aumento do interesse tem sido a elevação das lesões relacionadas com essas atividades, principalmente quando realizados de maneira inadequada.

O uso de calçados inadequados, erros de treinamento, questões ambientais e anormalidades anatômicas que podem predispor os praticantes a certos traumas são algumas das causas mais comuns que levam às lesões.

Com uma orientação correta e adoção dos cuidados recomendados, é possível prevenir entre 60% e 70% desses casos. De início, é sempre necessário realizar um exame médico especializado, verificar as possibilidades e eventuais limites do atleta, orientando o treinador e, principalmente, garantindo que a atividade seja feita com segurança.

As lesões mais comuns em corredores e praticantes de caminhada são:

Nos pés:

Fascite plantar: inflamação da estrutura de sustentação da sola dos pés. É a principal causa da dor no calcanhar.

Metatarsalgia: dor na região anterior da sola dos pés

Fraturas de fadiga: também chamadas de fraturas de estresse, são ocasionadas por uso repetitivo e sobre carga de treinamento. O atleta pode apresentar dor insidiosa e persistente que aos poucos pode se acentuar e impedi-lo até memso de andar.

Tendinite do tibial posterior: inflamação de um tendão na face lateral interna do calcanhar.

Nas pernas:

Fratutas de fadiga: semelhante a dos pés

Síndrome compartimental: aumento da pressão em um compartimento muscular da perna, proporcionado por excesso de uso e aumento de volume sanguíneo nesse compartimento.

Tendinite do tendão de aquiles: os aumentos de milhagem, corrida e os treinamentos em subidas podem desencadeá-la

Canelite: nome popular para dor de músculos e tendões em face anterior da perna.

Na coxa e quadril:

Bursite: inflamação da Bursa na face lateral do quadril, entre os músculos e o fêmur.

Estiramento dos isquiotibais: estiramento dos músculos posteriores da coxa.

Na coluna:

Ciática: dor de comprometimento do nervo ciático, em geral consequente à dor lombar. Pode indicar uma lesão de disco (hérnia) intervebral.

Entorse lombar: dor e espasmo em músculos da região lombar.

Entorse de canal: estreitamento do canal espinal. Caracteriza-se por dor após distância percorrida.

Henrique Souza
Treinus

Posts relacionados