Práticas esportivas

O treino HIRT é a nova sensação para os praticantes de musculação!

single image

Uma coisa é fato, se você quer variar a sua modalidade esportiva, sempre vai existir algum treino alternativo para te inspirar a superar os seus limites. E dentro da musculação, é possível diferenciar um dia de exercício usando o treino HIRT, uma nova opção que busca o mesmo resultado da prática convencional, porém em tempo reduzido. Já ouviu falar sobre?

Essa modalidade que vem crescendo é muito útil para quem deseja desenvolver a força e resistência muscular, sendo assim, se o seu objetivo é otimizar ainda mais os seus treinos na academia, confira a seguir o que é o treino HIRT, como funciona e quais os diferenciais em relação às demais práticas!

O que é treino HIRT?

Traduzido do inglês High Intensity Resistance Training, o HIRT é um treinamento resistido de alta intensidade que intercala exercícios de força com estímulos altos para gerar a fadiga muscular e obter a recuperação em pouco tempo.

Para se ter uma noção, cada exercício é feito com a duração de 1 minuto. Nesse tempo o atleta precisa realizar de 8 a 12 repetições (por exemplo). No tempo restante, ele descansa para iniciar a nova sequência.

Esse tipo de treino é um método que vai utilizar exercícios de força (remada, supino, agachamento, entre outros) de forma intensa, pois assim é possível proporcionar o ganho de massa e força através da exaustão muscular.

Se você deseja alcançar a hipertrofia muscular e ainda diminuir o percentual de gordura corporal, o treino HIRT é a opção ideal para você, já que além de alcançar esses objetivos, é possível fazer um treino completo em pouco tempo!

Como funciona o treino HIRT?

O treino HIRT não será um planejamento único e exclusivo de atividades, até porque ele utiliza os equipamentos e exercícios da musculação. Ou seja, é uma adaptação para que você chegue na falha muscular com repetições intensas e pouco tempo de recuperação.

Um exemplo: uma série alternada de agachamento e supino. Como os exercícios são contados em 1 minuto, o atleta irá realizar uma série de 8 a 12 repetições dentro desse ciclo, no tempo restante ele irá descansar. No minuto seguinte, as mesmas características são aplicadas ao supino. Normalmente, são 4 repetições cada, logo, em 8 minutos você já tem uma parte do treino feita e um cansaço bem alto pela intensidade da aula.

Como o HIRT é baseado na fadiga muscular, os treinos não irão durar mais que 30 minutos, pois esse será o tempo suficiente para se obter os benefícios da prática e ainda ficar bem cansado, sendo assim, é um tipo de modalidade mais avançada e que requer acompanhamento e noções de técnica dos exercícios para evitar lesões.

Todos podem praticar o treino HIRT?

Por ser um treino intenso, surge a dúvida se todas as pessoas estão liberadas para praticar o treino HIRT. Essa é uma pergunta delicada, pois, na tese, se não houver restrição para exercícios intensos, todos estão liberados. Mas, para se ter uma precaução maior, busque aval médico e apoio de um profissional de educação física, assim é possível fazer as adaptações necessárias para começar com segurança.

Isso porque, o quadro inflamatório desse treino é agudo, então, caso não tenha técnica e nem os cuidados ideais, podem ocorrer lesões nas articulações. Por isso, é imprescindível o apoio profissional para conseguir bons resultados!

Vale ressaltar que, por ser um treino intenso que é uma variação da musculação, ele é indicado para quem já está dentro da prática. Se você está começando agora, dê um passo de cada vez e espere um tempo para conhecer os equipamentos e aprender a técnica de cada exercício.

Quais os benefícios do treino HIRT?

1. Hipertrofia muscular

O treino comum de musculação te entrega muitos benefícios, porém, o que mais chama atenção é a hipertrofia. Esse é um objetivo daqueles que buscam os exercícios dentro das academias e que será otimizado ao ingressar no HIRT. Então, se você deseja crescer mais rápido e ainda desenvolver força muscular, esse treino pode te ajudar.

2. Tempo de treino reduzido

O treino HIRT não passa de 30 minutos, logo, existe uma queda de 30% a 40% no tempo dos exercícios. Se você está acostumado a ir para a academia, mas está ficando sem tempo ou deseja que os treinos sejam mais rápidos, pode investir no treino de alta intensidade que o resultado será, pelo menos, igual ao convencional.

3. Reduz o índice de gordura corporal

Por ser um treino resistido de alta intensidade, o gasto de calorias é alto por te colocar no limite. Além disso, como os exercícios também trabalham a capacidade cardiorrespiratória, é possível ter o efeito epoc após treinar, ou seja, você vai queimar calorias depois do treino.

Então, se você quer treinar, ter um tempo menor de esforço e mesmo assim chegar em resultados incríveis, pode apostar no treino HIRT que o sucesso é certeiro!

Existe diferença entre treino HIRT e treino HIIT?

Existem muitos estilos de treinos que são baseados na alta intensidade. Entre as opções, é possível achar o HIIT e o HIRT. Enquanto um utiliza atividades aeróbicas em sua maioria para elevar a frequência cardíaca, outro é uma adaptação dos treinos de musculação.

Ou seja, mesmo que sejam de alta intensidade, eles são diferentes. O treino HIIT é baseado em circuitos que levam o atleta ao seu limite, além de ser considerado de alto impacto. Já o treino HIRT utiliza os exercícios da musculação para alcançar a fadiga muscular e, diferente do HIIT, é de baixo impacto. 

Ambas as modalidades são boas, então pense com cuidado e invista naquela que for melhor para você. O HIRT vem crescendo dentro das academias, dessa forma, não é uma opção difícil de encontrar. 

E caso tenha o acompanhamento de um treinador, assessoria ou personal, converse com o profissional para realizar as adequações do seu planejamento para ingressar com o HIRT de modo saudável e eficaz para a sua realidade. O importante é tentar!

Espero que tenham gostado do conteúdo!

Referência

HIRT: a nova modalidade de treino que você deveria estar fazendo

Posts relacionados

Carregue Mais