Práticas esportivas

Tênis não faz milagre, mas saiba escolher o seu!

single image

Todo mundo ficou surpreendido com o desempenho do queniano Eulid Kipchoge na última maratona de Berlim que aconteceu neste mês. Foram 42 km percorridos em incríveis 2h01m39s. Além de todo esforço e treinamento que sabemos que o queniano se dedicou, ele também contou com um equipamento diferenciado para acompanhar os seus passos durante a maratona. O tênis Vaporfly Elite da Nike.

É inegável que o tênis escolhido pode influenciar e muito no resultado de uma prova ou treinamento, pois quanto mais adepto o calçado for ao pé, mais conforto o corredor sentirá no seu percurso. Como é o caso dos modelos desenvolvidos pela Nike que tem como objetivo de diminuir o tempo da maratona para menos de 2h. A tecnologia da Nike para os modelos Vaporfly, por exemplo, conta com espuma Nike ZoomX que oferece até 85% de retorno de energia a cada passada; placa de fibra de carbono e cabedal em FLYKNIT, ou seja, praticamente sem costura. Incrível!


Fonte: SkyNews

Uma verdade

Apesar desses modelos serem o sonho de consumo de muitos atletas seja da elite ou amador, temos que te contar uma verdade: Adquirir um Vaporfly não necessariamente vai te fazer correr uma maratona em menos de 2h. Este é um resultado que depende de diversos outros fatores, como condicionamento físico, preparação, treinamento, alimentação, etc.

Portanto, é extremamente importante ter um alto conhecimento do seu corpo na hora de escolher o seu tênis. E sabemos que essa não é uma escolha fácil, já que ele é um dos principais elementos de uma corrida.  Separamos 07 dicas que podem facilitar a sua busca pelo tênis ideal:

1) Peso e Altura

A condição física deve ser levada em consideração. Peso, desenvolvimento muscular e flexibilidade devem ser observados na hora de escolher o tênis de corrida.

2) Tipos de pisada

Existem diferentes tipos e é importante descobrir qual é a sua. Ainda que existam sites que expliquem e ajudem a descobrir o seu, o mais adequado é consultar um ortopedista.

3) Palmilha

Hoje em dia as marcas têm desenvolvido cada vez mais tênis para a pisada neutra e menos para pisada específica. Neste cenário, as palmilhas vêm com força total para complementar a sua necessidade caso a sua pisada seja pronada ou supinada.

4) O local onde a atividade será realizada

A superfície onde a atividade irá se realizar também é um elemento fundamental. Saber o terreno e as condições ajudam na hora da escolha do tênis ideal pois cada terreno produz impacto diferente no aparato motor. Em outras palavras: questões como estabilidade e impacto devem ser levadas em consideração. Não é o mesmo correr na terra, no asfalto ou na esteira.

5) Na hora de comprar

É altamente recomendável que o esportista prove os tênis antes de comprá-lo. Caso sua opção seja por comprar online: aconselha-se que se prove em uma loja física antes de fazer a escolha.

6) O tamanho

Por mais que estejamos acostumados a usar um determinado tamanho na compra dos calçados de dia-a-dia. Muitas vezes, na hora de escolher o tênis para corrida pode ser interessante escolher um tamanho maior.

7) As meias

Quando for escolher o tênis é importante experimentá-lo com o tipo de meias que você normalmente utiliza para realizar atividades físicas. Lembre-se que as meias de algodão não são recomendadas para a prática da corrida.

O tênis é um equipamento predominantemente pessoal. Logo, o que traz melhores resultados para uma atleta não necessariamente trará para outro. Portanto, recomendamos a escolha consciente para você não se arrepender do seu investimento.

Tem alguma dica ou indicação de tênis esportivo para corrida? Conte pra gente nos comentários.

Deixar um comentário

Fique tranquilo que não publicamos o seu endereço de email.

Posts relacionados