Qualidade de vida

Descubra aqui se a sua respiração é feita de forma natural e saudável!

single image

Inspire e expire. Ao fazer este processo de respiração, por qual região você realiza a ação: boca ou nariz? Caso a sua resposta tenha sido boca, está na hora de repensar o modo como o ar entra no seu corpo, pois essa é uma prática não muito ideal. Agora, se fez o processo pelo nariz, você está no caminho para a respiração natural!

Com um padrão de corpos esbeltos e onde ter uma ‘barriguinha’ pode ser considerado um problema dentro da sociedade, a maioria das pessoas quando começam a ter preocupações com o corpo param de respirar pela barriga, pois não desejam que ‘o volume’ que forma fique visível. Assim, perde-se a habilidade de respirar de forma natural, localizando o ar no tórax, o que não é muito eficaz para o organismo.

Sendo assim, está na hora de controlar as impurezas que entram através da sua respiração, para evitar doenças que podem ser pegas pelo ar, como o caso do coronavírus, além de fadigas ou cansaços do dia a dia. Fique aqui para saber mais!

Respiração natural: O que é?

Caso você trabalhe de forma remota e tenha contato com bebês e crianças, olhe durante alguns minutos o modo que elas respiram. Você identificou quando inspiram e expiram? Provavelmente não, e esse processo não é visível pois elas não ‘desaprenderam’ a respirar, inalando e exalando pela narina, formando a respiração natural!

Este modo de processar o ar é muito importante, pois nosso organismo absorve melhor a qualidade do oxigênio, além de não causar fadiga, batimentos cardíacos acelerados e outras preocupações como ocorre ao respirar pela boca. Assim, fazer o processo de respiração de forma nasal, levando o ar para o abdômen facilita a qualidade boa de oxigênio que absorve. Em termos técnicos, essa forma de inspirar e expirar é conhecida também como respiração diafragmática.

Desse modo, entender a respiração natural é mais coerente, pois é um processo inconsciente onde o organismo consegue manter os fluxos com melhor qualidade, seja sanguíneo ou não. 

Exceções

Vale ressaltar que esse estilo vale para quando estamos em repouso (realizando a respiração nos seus afazeres que não envolvem a prática de exercícios). Como já foi dito no post sobre meditação, a respiração é muito importante para ter foco no agora, contudo a forma nasal para puxar e soltar o ar deve ser mediado em alguns exercícios, como a corrida de rua.

Tal fato ocorre pois como o atleta está em ritmo acelerado, a respiração precisa ser mais rápida. Há quem consiga fazer o processo de inspirar pela nariz e soltar pela boca, porém é normal inalar pela boca enquanto pratica o exercício. Sendo assim, busque fazer o melhor, mas não faça disto um aprendizado que vá te prejudicar. O corpo e a mente acostumam com o tempo, não de uma hora para outra.

Benefícios da Respiração Natural

Uma quantidade enorme de benefícios são entregues na vida de quem pratica a respiração natural. Segue alguns:

Controle da ansiedade e do estresse

Um dos primeiros impactos com essa consciência respiratória é o controle da ansiedade e do estresse. Como é necessário focar nos fluxos que entram e saem do corpo, a mente não tem outra informação para processar a não ser a da respiração. Sendo assim, doenças psíquicas como ansiedade (anteriormente citada) irá ser amenizada, fornecendo qualidade de vida como consequência.

Ajuda a manter a calma

Agora pense na calma. Você acha possível pensar que a respiração pode ajudar a ter mais paz? Surpreenda-se ou não, isso é possível! Como já abordado, a consciência respiratória diminui estresse, então aquele exercício comum de inspirar o ar profundamente e soltar de forma gradual ajuda a acalmar. Se o processo for rotineiro e natural para seu organismo, paz será algo que dificilmente sairá da sua vida.

Mantém o controle emocional

Por fim, um dos benefícios que mais ficam presentes no dia a dia é o controle emocional. Quando temos algo importante a ser feito, precisamos de uma atenção para algum assunto ou temos que encontrar alguém importante, além de acelerar os batimentos cardíacos, a respiração fica ofegante. Caso a prática de respirar naturalmente for contínua, quando alguém se deparar com estas emoções conseguirão controlar facilmente.

Vamos então aprender algumas técnicas para respirar melhor?

Técnicas de respiração 

A respiração é responsável pela oxigenação do nosso corpo e, ela determina o estado de saúde de uma pessoa em alguns aspectos, como a circulação sanguínea. Para reaprender a respirar de forma correta, separei 2 exercícios para treinar a respiração natural:

Respiração Diafragmática

Para sentir o modo que o ar deve entrar e sair de maneira correta, alguns passos precisam ser seguidos:

  1. Busque um momento de paz e procure um ambiente onde possa ficar sentado ou deitado. Escolha a melhor posição para você!
  2. Coloque as suas mãos na barriga, na altura do umbigo ou um pouco acima. A localização vai ajudar a saber se o ar está indo para o local correto.
  3. Inspire lentamente pelo nariz, levando em torno de 5 segundos para a ação. Observe no processo se o ar está indo para a região do abdômen, estufando a barriga e não elevando o tórax ou ombros.
  4. Após ter retido o ar durante alguns segundos, exale ele pelo nariz também de forma gradual, observando sempre a movimentação da barriga. Aqui, ela irá diminuir pois o ar está saindo.
  5. Repita o processo algumas vezes com a mão ainda na barriga, para posteriormente deixar fluir de forma natural, sem precisar do auxílio das mãos.

Respiração das Narinas Alternadas

Prática comum na yoga, este exercício auxilia na limpeza das narinas, ajudando a respirar melhor. Siga os passos para efetuar a prática:

  1. Busque um local para sentar-se, seja no chão ou em uma cadeira.
  2. Coloque a sua mão esquerda em repouso no seu joelho esquerdo. A palma da mão irá ficar aberta durante o exercício.
  3. Agora está na hora de ajustar as mãos para fazer a respiração alternada. Os dedos indicador e do meio da mão direita devem ficar posicionados para dentro, tocando a palma da mão. O polegar deve fechar a narina direita e os dedos anelar e mínimo devem fechar a narina esquerda.
  4. O processo é para alternar a respiração, para isso, aperte a narina direita com o polegar, abra a narina esquerda e inspire profundamente. Após o processo, volte a fechar a narina com os dedos anelar e mínimo, abrindo a narina direita e soltando o ar devagar. 
  5. Faça o processo de inspirar pela narina direita, feche-a e solte o ar pela esquerda. Assim você completou um ciclo!
  6. Faça o processo com 10 ciclos, para purificar a respiração e conseguir uma melhora na qualidade do ar. Caso facilite para você, faça de olhos fechados o exercício.

Aqui fica como é feito em vídeo a respiração alternada para ver na prática:

O foco é no processo!

Pode parecer um pouco difícil colocar a respiração natural como algo fácil, contudo a prática é uma aliada. Todos os conselhos aqui referentes à respiração ajudam a acalmar a mente, desestressar e tentar trazer uma qualidade de vida, principalmente para as rotinas de hoje que estão trabalhando de forma remota. 

Para ajudar a não ficar atolado ou com a mente cheia por causa do isolamento social nas últimas semanas, focar em si e na sua respiração irão ser grandes aliados para passar este processo.

Espero que tenham gostado do conteúdo. E não esqueça de compartilhar o texto nas redes sociais!

Referências

Coronavírus: o que pode estar por trás da baixa incidência em crianças?

Deixar um comentário

Fique tranquilo que não publicamos o seu endereço de email.

Posts relacionados