single image

É recomendável que qualquer atividade física seja realizada com acompanhamento e monitoramento. Alguns aparelhos como relógio de corrida, te ajudam a monitorar esses resultados.

Qualquer atleta que utilizava com alguma frequência um pulsômetro sabe muito bem como é incomodo que a faixa peitoral pode causar.

Os modelos tradicionais de relógio de corrida desse tipo de cinta ficam ao redor do peito e tem eletrodos que medem o eletrocardiograma, recebendo pulsações do coração e transmitindo informações ao relógio.

Mas já fazem uns 5 anos que existe no mercado aparelhos desse tipo com preços muito mais acessíveis. E o melhor de tudo, esses novos pulsômetros  não precisam que o atleta faça uso do cinto no peito.

Esses tipos de relógio de corrida são fabricados com luzes de LED que ficam situadas na parte posterior do próprio relógio-pulsômetro e que ao iluminar medem as variações da circulação do sangue nos nossos pulsos.

Ou seja: sem o incomodo do cinto eles medem e informa a frequência cardíaca com uma precisão tão boa quanto a dos que utilizam os cintos no peito.

Esses aparelhinhos, que parecem relógios,  são diapositivos desenvolvidos especificamente para o uso durante o exercício e servem para medir e registras a frequência cardíaca enquanto nos fornecem informação instantânea sobre o nível de trabalho do nosso coração.

Com os relógio de corrida da para saber as condições do nosso coração são pontos chaves para definir a resistência aeróbica de cada sujeito.

Seja por razoes de saúde, ou para avaliar o rendimento e a resistência aeróbica,  que geralmente é o foco de quase todo corredor.

Os pulsômetros podem ser uma dos auxílios mais eficientes para o seguimento e o desenvolvimento do progresso na mudança e no aumento na resistência aeróbica.

De olho no estado físico.

A aptidão cardiovascular é um dos fatores mais importantes quando o assunto é a velocidade em que corremos.

Por isso, estar apto a fazer um seguimento e acompanhamento da saúde cardiovascular é uma das ferramentas de treino que mais podem ser uteis.

Sem falar que elas podem auxiliar muito na adaptação e recuperação de lesões e questões que envolvem o sistema cardiovascular.

Medir os ritmos de batimento e trabalho de nosso coração é o método mais preciso para definir a quantidade de benefícios que estamos obtendo com aquele treino.

Existem outros métodos de medir os progressos no treino, como a respiração e a avaliação do cansaço ao treinar, mas nenhum é tão preciso quanto o coração, ainda que todos influenciem na eficácia de um treino.

Precisão e praticidade.

Falando em eficácia, o uso de pulsômetro é a única maneira que de fato pode nos informar com precisão a frequência cardíaca apos praticar uma atividade.

Existem métodos manuais para isso, mas de fato nem sempre alcançam a precisão de um aparelho.

Treinar na dose certa evita lesões.

Geralmente muitas pessoas que correm e trinam para competições tem uma rotina de treino semanal, por isso, é essencial que estejam com o corpo em dia e que não carreguem de mais nos treinos.

Nesses casos, o uso do pulsômetro pode evitar a sobrecarga e aumentar ainda mais a eficiência da formação, além de reduzir ao máximo a possibilidade de lesões, sendo que essas lesões são muito menos prováveis de aparecer quando não sobrecarregamos nosso corpo, para atletas que competem evitar lesões é a mesma coisa que evitar contratempos em sua rotina de treino.

O padrão de treino excessivo é diferente de atleta para atleta, visto que é o treinador de cada um que ira definir a intensidade desejada de treino por semana.

Para essas rotinas de treino avançadas os pulsômetros podem servir muito bem como indicadores, sim os relógio de corrida são importantes.

Mas qual dos relógio de corrida escolher?

Além de dar uma conferida no bolso, existem alguns fatores que devem ser observados antes de escolher um pulsômetro.

– A presença, ou não e a qualidade do Sistema de Posicionamento global (GLPS).

– O sensor das pulsações.

– A duração da bateria.

– A função de armazenamento de dados para a avaliação dos exercícios posteriormente.

– Alguns oferecem funções online, e isso também deve ser observado.

No mercado existem desde produtos simples e acessíveis, até pulsômetros mais caros e com funções bem completa.

Vale conversar com seu treinador e fazer uma pesquisa para descobrir qual o modelo é melhor para você.

Gostou das dicas sobre aparelhos na hora do seu exercício? Então compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a se informarem melhor sobre o assunto!

Posts relacionados