Qualidade de vida

Conheça a psicologia do esporte e saiba a importância dela na vida dos atletas!

single image

Ter acompanhamento de um psicólogo é uma necessidade de muitas pessoas, pois lidar com a mente e o comportamento do dia a dia é trabalhoso para muitos. Como impacto a busca por profissionais qualificados para auxiliar na vida pessoal é um objetivo para algumas pessoas. E, claro que o mesmo não seria diferente para a atividade física, tanto é que existe a psicologia do esporte.

Por acaso você já ouviu falar sobre o assunto e sabe a sua importância no meio esportivo? Fique aqui para saber mais e descobrir quais são os benefícios do acompanhamento na vida dos atletas.

O que é psicologia do esporte?

Antes de falar sobre a psicologia do esporte é necessário entender o que é psicologia.

Essa área de estudo diz respeito aos comportamentos humanos e processos da mente, e como eles funcionam, se relacionam ou são afetados em conjunto. A psicologia vai abranger todos os aspectos que estão conectados com as experiências do indivíduo, independente da idade.

O profissional da área, mais conhecido como psicólogo, é um apoio para auxiliar no controle da saúde mental, e também é necessário para ajudar a todos no processo de autoconhecimento. Ele quem vai explicar o motivo dos seus comportamentos e qual o reflexo deles, tanto nas suas experiências já vividas, como no que está acontecendo agora.

Basicamente, a psicologia é uma área da saúde e da humanidade que visa compreender o comportamento e como ele reflete ao seu redor. A psicologia do esporte também está nesse caminho, mas os seus objetivos são diferentes.

O objetivo da profissão dentro do mundo esportivo é pautado em um acompanhamento, seja ele individual ou grupal, para perceber o desempenho e atuação dentro das modalidades do atleta. Normalmente a assistência é feita para quem pratica em alta performance, mas não é limitado e exclusivo para esse grupo. Todos que desejam o profissional na sua rotina podem ter!

Ele vai acompanhar o rendimento do atleta e entender como os fatores da mente vão influenciar no desempenho físico, além de relacionar os impactos na saúde física e mental.

Como a psicologia do esporte ajuda o atleta?

É bem provável que você já tenha escutado ou reproduzido falas como “esse atleta não estava concentrado na competição” ou “faltou controle emocional na partida”. Essas frases são usadas normalmente como uma justificativa para a derrota em alguma partida, ou para falar sobre um mau desempenho no esporte.

Contudo, nem sempre um jogo perdido ou má performance acontecem por falta de concentração, mas sim por questões pessoais, mentais e emocionais que precisam de intervenção para melhorar a performance. Às vezes é só uma falta de comunicação que ocasionou os resultados.

É por isso que o psicólogo é importante no meio esportivo, pois além de entender o comportamento do atleta (ou atletas), ele irá ajudar numa possível solução para que a mente não atrapalhe as suas competições ou práticas rotineiras.

A intervenção pode ser feita tanto de forma individual, como em equipe!

Individual

O acompanhamento nas modalidades individuais tem o foco de ajudar o atleta nas suas atividades através da concentração, do controle emocional e do manuseio de algumas variáveis de ambientes que ele frequenta, seja pessoal ou o espaço da prática.

Assim como a performance, para melhorar o rendimento e questões mentais, é necessário tempo, tanto para perceber os efeitos no atleta, como a proposta que o psicólogo vai desenvolver com base no seu referencial teórico. Normalmente são práticas que envolvem visualização, relaxamento, modelagem de comportamento, análise verbal, inversão de papéis, técnicas expressivas ou corporais.

Grupo

No caso das modalidades em grupo, o acompanhamento é feito com a equipe, com o foco em entender as relações grupais, como os atletas e instrutores se organizam, além de visualizar o vínculo e a formação de liderança. Quando a relação em equipe é acompanhada, os procedimentos serão maiores.

Aqui é ainda mais necessária a questão do autoconhecimento, pois o atleta está lidando com o outro, então os psicólogos utilizarão jogos dramáticos advindos do psicodrama, o desenvolvimento de autoconhecimento por meio das técnicas de senso-percepção, bem como procedimentos verbais originários da psicanálise de grupos.

Ficou claro então que não é apenas uma questão de controle emocional para a performance, mas sim fatores que vão desde o externo até o interno nas relações esportivas?

É possível lidar com a saúde mental sozinho?

Existem casos específicos onde o atleta vai conseguir lidar com o emocional e mental de maneira assertiva e isolada. Contudo, é necessário ter inteligência emocional para compreender e processar de maneira lógica os acontecimentos ao seu redor.

Se colocar um amador na situação, o caso pode ser mais fácil, pois a prática esportiva está encaminhando para algo, seja rendimento e performance ou a primeira prova, aqui os casos estão possivelmente relacionados com a ansiedade. 

Mas caso esteja falando de um atleta de alta performance, o caminho não é mais o mesmo. Além das questões pessoais, os casos envolvem muito além da pessoa que pratica, pois tem toda uma estrutura esportiva, equipe e profissionais para auxiliar, o que pode ocasionar mais cobrança. Aqui o acompanhamento já é muito mais indicado (e necessário), pois o atleta não deve lidar com toda a carga sozinho.

Sendo assim, coloque na balança as preferências para saber se deve ou não ter o acompanhamento. Por via das dúvidas, invista no auxílio profissional!

Benefícios da psicologia do esporte

É claro que ter o acompanhamento de um psicólogo no esporte vai trazer benefícios na vida do atleta. Desde motivação até cuidar do bem-estar, o apoio deste profissional é essencial para melhorar a harmonia pessoal e dos grupos e também para ajudar na performance esportiva.

Os benefícios que os atletas irão vivenciar com o acompanhamento são:

  • Queda em agressão e violência.
  • Aumento do rendimento esportivo.
  • Bem-estar psicológico.
  • Sintonia com os técnicos.
  • Melhora do foco e concentração.
  • Queda da ansiedade esportiva.
  • Alcance de metas estabelecidas.
  • Prevenção de burnout e overtraining.
  • E muito mais.

Existem dezenas de outros benefícios para quem busca um psicólogo no meio esportivo, e aqui foram alguns. O objetivo é mostrar para você atleta que cuidar da mente também é um fator que precisa ser levado em consideração no mundo esportivo.

Por ter muita carga e cobrança, alguns atletas também têm desgastes, tanto físico como emocional nas modalidades esportivas. Caso isso esteja acontecendo com você, busque a melhor solução e veja se é viável o acompanhamento. Tenha em mente que toda ajuda vai fazer uma grande diferença!

Gostou do conteúdo? Então não esqueça de compartilhar nas redes sociais!

Referências

Da psicologia do esporte que temos à psicologia do esporte que queremos

Deixar um comentário

Fique tranquilo que não publicamos o seu endereço de email.

Posts relacionados