Alimentação

Conheça o que de fato é o Ômega-3, cuidados e benefícios desse nutriente!

single image

Alguns produtos possuem grande apelo publicitário com o objetivo de vender soluções milagrosas ou altamente eficazes para melhorar algum aspecto corporal de maneira muito rápida. Esse é o caso do famoso óleo de peixe, conhecido popularmente como ômega-3.

Por acaso você já escutou falar sobre? Esse nutriente possui grandes ações anti-inflamatórias, porém, é descrito como um potente preventivo de doenças do coração. Para sanar algumas dúvidas e explicar de fato para que serve, continue aqui para saber um pouco mais sobre o famoso ômega-3.

O que é ômega-3?

O ômega-3 é um tipo de gordura saudável encontrado em grande parte nos peixes, sendo considerado por muitos como um elixir para qualidade de vida. Contudo, esse pensamento precisa ser revisto para entender a sua eficácia de fato.

Esse nutriente não é produzido pelo corpo, então é necessário buscar alimentos que tenham essa fonte, e as mais conhecidas são os peixes. É bem comum achar cápsulas de ômega-3 nos mercados e farmácias, porém, só utilize caso seja prescrito por um nutricionista!

Ele vai atuar na saúde do coração, conseguindo auxiliar, por exemplo, na regulação da coagulação sanguínea e na síntese de hormônios, ou seja, vai ser eficaz para equilibrar e otimizar algumas ações no organismo, não sendo um milagre total para a saúde do corpo.

Onde encontrar ômega-3?

Achar ômega-3 é comum nos peixes, afinal, esse nutriente é conhecido como óleo de peixe. São diversos tipos dentro desse grupo de alimentos que possuem esse lipídio, então, confira logo abaixo alguns disponíveis:

  • Atum.
  • Cavala.
  • Salmão.
  • Sardinha.
  • Ostra.
  • Anchova.
  • Truta.
  • E muito mais!

E saiba que as fontes não acabam por aí, pois também é possível encontrar nos vegetais essa fonte de nutrientes. Ele não terá a mesma eficiência do que nos peixes, pois será uma das variações do ômega-3 encontrado no reino vegetal. Os mais comuns são:

  • Chia.
  • Linhaça.
  • Nozes.
  • Sementes.

Ou seja, não pense que será encontrado apenas nos animais a fonte desse nutriente, é possível achar em grãos e sementes e ainda sim ter ótimos resultados!

Quais são os benefícios do ômega-3?

O ômega-3 possui diversos benefícios para regular a saúde do corpo, então é possível perceber algumas ações com a presença desse nutriente no organismo. As mais comuns são:

  1. Ação anti-inflamatória: o ômega-3 ajuda na queda de produção de substâncias inflamatórias e auxilia na prevenção de danos celulares.
  2. Evita a formação de coágulos: ele possui anticoagulantes e auxilia na prevenção de doenças graves que surgem com o coágulo sanguíneo.
  3. Auxilia no controle da glicemia: o ômega-3 pode otimizar a resistência à insulina, o que ajuda na queda dos níveis de açúcar no sangue.
  4. Protege a pele: ele possui ações de proteção contra o sol e auxilia na hidratação e flexibilidade da pele.

Ainda é possível ter uma lista imensa de benefícios do ômega-3 e todas irão variar de acordo com a alimentação e/ou quantidade de suplementação no organismo. Os demais impactos na sua vida você confere logo abaixo:

  • Ajuda no combate a depressão. 
  • Previne doenças autoimunes.
  • Diminui o colesterol.
  • Ajuda no combate da obesidade e sedentarismo.
  • Previne a perda de memória.
  • Melhora o desempenho cerebral.
  • Reduz os triglicerídeos.
  • Regula a pressão arterial.
  • E muito mais!

Viu só como a lista não para e os benefícios são incríveis?

Afinal, ômega-3 é eficaz?

Consumir ômega-3 será benéfico em algumas situações, pois ajuda na otimização do organismo para algumas atividades, porém, ele não é um nutriente milagroso como o mercado vende. Você pode ter resultados positivos em relação a qualidade de vida, mas ele não será responsável por reduzir doenças do coração.

Para isso, não esqueça de consultar um cardiologista para verificar as condições do seu organismo e evitar problemas na saúde, além de ter o devido acompanhamento nutricional para garantir que as cápsulas possam ser utilizadas caso necessite de suplementação.

O óleo de peixe será sim importante para o corpo, mas sempre com o devido cuidado. Tenha esse grupo de alimento no seu cardápio e não faça o consumo em excesso de ômega-3, pois reações adversas podem surgir, como aumento do colesterol e sangramentos.

Passando por todas as considerações, não esqueça que para ter qualidade de vida é necessário praticar exercícios físicos, então invista em paralelo a alimentação, em um esporte ou atividade que gosta, pois bons resultados requerem investimentos no bem-estar.

Espero que tenham gostado do conteúdo! 

E não esqueça de compartilhar esse artigo nas redes sociais!

Deixar um comentário

Fique tranquilo que não publicamos o seu endereço de email.

Posts relacionados