Alimentação

Entenda qual a função do nutricionista esportivo

single image

De uns anos pra cá é crescente o número de pessoas que realizam algum tipo de atividade física e como sabemos, não adianta só executar bem o exercício, uma boa alimentação também é importante. Ai que entra o nutricionista esportivo.

Junto com esse fato aumentou o número de atletas (amadores e profissionais) buscando o apoio das ciências aplicadas a essa área: medicina do esporte, psicologia aplicada ao esporte, fisioterapia e também a nutrição esportiva.

Sem dúvida ainda é pouco conhecido e pairam no ar muitas dúvidas e questões sobre a atuação de um desses profissionais: o nutricionista esportivo.

Para começar é importante esclarecer que um nutricionista é o profissional que tem conhecimentos e habilidades sobre a composição nutricional dos alimentos, avaliação do estado nutricional do paciente, desenvolve e organiza planos de alimentação e dietas tanto para melhorar a saúde como em casos de pacientes em tratamentos por alguma doença.

Além disso desenvolve cardápios para alimentação de grupos (empresas, fabricas, escolas, etc) e traça estratégias para promoção da saúde, e outras funções.

Não é sempre que os cursos de nutrição se aprofundam na parte especifica da nutrição esportiva, por isso, obviamente, esse tipo de atuação é feita por profissionais especializados, assim como os nutricionistas clínicos, pediátricos, e tantos outros.

Se o que você está desejando for uma dieta para perder ou ganhar peso, um nutricionista geral poder ser um grande adianto.

Se busca uma orientação para obter um melhor rendimento esportivo é bem provável que um profissional de nutrição geral possa deixar um pouco a desejar, visto que, desenvolver um plano de alimentação para esportistas implica em conhecer tanto a fisiologia, como a bioquímica do exercício, treinamento esportivo e as questões nutricionais de cada atividade.

Conteúdos que, como já foi dito, nem sempre estão englobados nos cursos de bacharelado em nutrição. O melhor caminho então é buscar um Nutricionista esportivo bom.

Nutricionistas são profissionais que avaliam as condições nutricionais e partindo desse diagnóstico te apresenta uma dieta para as necessidades do seu corpo.

O nutricionista esportivo, portanto, atua e auxilia nas seguintes atividades:

Atividade física.

Ou seja: qualquer movimento que requer energia.

Caminhar, dançar, limpar a casa, e treinar, são exemplos. O nutricionista esportivo, nesse caso, supervisiona a alimentação e avalia se a atividade te ajuda a diminuir seu peso e indicie de gordura corporal.

Exercício.

Atividades físicas com objetivos específicos: diminuir gordura, melhorar rendimento ou aumentar a massa muscular.

Sempre inclui uma fase de aquecimento, a fase do treino e a fase do relaxamento. O nutricionista esportivo, nesse caso, supervisionará sua alimentação e avalia se o exercício atinge seus objetivos: diminuição de peso, de porcentagem de gordura e cuida da massa muscular para manter ou aumentar.

Há ocasiões que o uso de suplementos é recomendado, as quase sempre com o ajuste de carboidratos e proteínas já conseguimos manter um bom rendimento físico.

Definido como aquela atividade regulada por uma associação esportiva ou mesmo uma federação. O esporte envolve competições nacionais e internacionais.

Nesse caso: há que cumprir metas, bater marcar marcas, e ganhar competições para obter reconhecimento por parte de associações e federações.

Por isso, o nutricionista esportivo trabalha em equipe com um diretor esportivo, treinador, médico, psicólogo e fisioterapeuta. Nutricionista e médicos cuidam juntos da suplementação e evitam que os esportistas consumam substancias proibidas.

O nutricionista esportivo supervisiona que a massa muscular aumente, se mantenha ou não se perda, ele evita anemia e desajustes no metabolismo que provoquem dentre outras coisas: fadigas, tonteiras.

O principal objetivo é manter ou melhorar o rendimento de cada atleta.

Onde achar nutricionista esportivo?

Com o crescente número de adeptos as atividades físicas existem diversas empresas e serviços que oferecem as competências desse tipo de profissional.

É muito importante pesquisar bem antes de escolher, para ter certeza que estará se consultando com um profissional de qualidade e que possui todas as competências necessárias para prestar o serviço da melhor maneira possível.

Deseja encontrar um bom profissional ou ainda tem dúvida do que compete a essa classe de nutricionistas?

Separamos as informações do que faz (e também o que não faz) um nutricionista esportivo:

O que faz um nutricionista esportivo.

O nutricionista esportivo avalia a composição corporal.

Como consequência do treinamento esportivo nosso corpo apresenta algumas modificações e adaptações dos diferentes componentes de nosso organismo, como músculos, gorduras, ossos, pele, vísceras, etc.

Muitas delas não podem ser identificadas com os indicadores comuns como os índices de massa corpórea (IMC), porque este não difere a composição do peso.

Ou seja: o valor de IMC alto pode informar que uma pessoa tenha sobrepeso, mas não indica o porquê desse excesso.

Já nos praticantes de esportes o aumento de peso pode ser acarretado por um incremento de massa muscular.

Por isso que um nutricionista esportivo deve contar com as habilidades necessárias para fazer uma avaliação da composição corporal.

Isso permite conhecer, de início, a gordura corporal, a massa muscular e também todos os outros indicadores que devemos conhecer para manter a saúde em dia durante as atividades e treinos que realizamos.

Organiza e define uma dieta para o treinamento e também para competições.

Muitas vezes é comum pensarmos que a alimentação é importante somente no caso de atletas que competem, mas a alimentação também é fundamental que ao longo de um processo de treinamento.

A dieta é fundamental porque compõe a base em que aplicamos as cargas de treinamento e é um elemento chave também na recuperação do atleta.

O nutricionista esportivo deve conhecer o tipo de treinamento que o esportista está realizando para só assim organizar a dieta, respeitando as condições e rotina de casa atleta.

Não basta somente cobrir os gastos de energia e nutrientes de cada pessoa, também há que proporcionar os nutrientes necessários, tanto na quantidade como também no tempo apropriado.

Definir quanto e como se alimentar antes e depois das atividades.

Cria e aplica planejamentos de hidratação.

A hidratação tem um efeito positivo, direto e fundamental no rendimento durante os treinos e competições.

O nutricionista esportivo se encarrega de organizar a hidratação levando em conta as taxas e ritmo de cada um (visto que nem todas as pessoas produzem as mesmas quantidades de suor).

Por termos metabolismos diferenciados uns dos outros:  as características de regulamento esportivo, as condições e características do atleta e o tipo de bebidas que estão disponíveis no mercado são dados que o nutricionista avalia na hora de definir a melhor hidratação para cada tipo de atleta.

Inclui auxílios ergogénicos e nutricionais na dieta.

Mesmo com a abundante variedade de produtos de suplementação esportiva no mercado, apenas alguns suplementos poder ter um efeito positivo no treinamento e existem restrições para inclui-los na dieta de cada atleta.

Ou seja: ha dietas que não tem a necessidade de inclusão de suplementos de maneira forcada, ainda que em alguns casos a suplementação possa ser muito util.

Compartilha informações com uma equipe multidisciplinar.

A alimentação e fundamental para que cada atleta tenha as substancias energéticas necessárias para realizar seus treinamentos, assim como para que os processos de recuperação sejam efetivados de maneira precisa.

É por isso que é de fundamental importância que os nutricionistas esportivos trabalhem em conjunto com os treinadores e outros membros da equipe.

A finalidade é identificar as mudanças que acontecem na quantidade e intensidade dos treinos, por isso é importante e fundamental que todos esses profissionais trabalhem articulados para melhor desempenho do atleta.

Funções que o nutricionista esportivo não realiza

O nutricionista esportivo não prescreve medicação.

Muita gente pensa que ao procurar um nutricionista esportivo vai conseguir solicitar medicamentos e produtos que façam perder peso, por exemplo.

Sem dúvida, é necessário deixar bem explicado que ainda que existam alguns poucos farmacêuticos autorizados para essa finalidade, o único profissional que pode prescrever medicações é um médico.

O nutricionista esportivo não cria planos de treinamento.

Da mesma maneira que é necessário contar com uma formação especifica para prescrever dietas e planos de alimentação, é fundamental buscar e contar com um profissional de formação especifica para avaliar as condições físicas e só assim desenhar um circuito de treinos.

A formação em nutrição não prepara profissionais para escolher os melhores exercícios físicos a serem praticados por cada pessoa, essa é tarefa para um treinador.

As tecnologias podem e devem ser muito úteis para auxiliar cada atleta, mas fatalmente para que ocorra uma avaliação do estado nutricional de cada um (primeiro passo para desenvolver um plano de alimentação ou dieta adequado) é necessário que essa consulta seja feita pessoalmente.

As avaliações apropriadas (antropométrica, avaliação de sinais e sintomas) são alguns elementos da consulta com um nutricionista e elas dificilmente podem ser realizadas a distância.

 

Se você gostou deste post sobre exemplos as funções do nutricionista esportivo, compartilhe esse post nas redes sociais para que mais pessoas conheçam a função desse importante profissional para quem faz exercícios.

 

Posts relacionados