single image

Certamente você já ouviu falar sobre ele. Seja em um almoço com amigos, nas redes sociais, no anúncio de alguma academia ou até mesmo nos serviços oferecidos por empresas do segmento de atividades físicas.

O CrossFit está ficando cada vez mais popular no Brasil e vem ganhando muitos adeptos. Entenda o que é esse tipo de treinamento, se o CrossFit faz mal e onde fazer.

Essa modalidade teve origem e aceitação primeiro entre academias militares, de artes marciais, corporações de policiais e em academias para atletas de elite, por motivo da sua grande eficácia como sistema de preparação física e por ser um excelente programa de condicionamento e treinamento de força. Mas o CrossFit se popularizou e está ficando cada vez mais conhecido no Brasil, ganhando muitos adeptos.

Entenda o que é esse tipo de treinamento, se o CrossFit faz mal e onde fazer.

O que é CrossFit?

Baseado em exercícios funcionais muito variados, o CrossFit é um sistema de treinamento praticado em alta intensidade.

Como funciona: Os circuitos e treinos do CrossFit abrigam uma grande quantidade de exercícios de variados tipos de atividade: levantamento de peso, ginastica, musculação, corrida e muitas outras.

Os treinos se baseiam em movimentos e técnicas selecionadas para serem aplicadas no dia-a-dia, combinadas em formas diferentes de treinamentos intensivos.

As combinações dos circuitos resultam em um treino rigoroso, mas que se utiliza do caráter lúdico e da parceria como seus pontos chaves.

O CrossFit é pensado para desenvolver as principais capacidades físicas gerais: força, resistência energética, flexibilidade, velocidade, coordenação, agilidade, equilíbrio, resistência cardiovascular e precisão.

CrossFit faz mal?

Como já citado, o CrossFit vem se popularizando e já saiu das academias militares e ganhou lugar em academias populares em todo mundo.

O motivo é que seu programas de treino foi desenvolvido para ser adaptado para diversos níveis e se aplica a qualquer pessoa que tenha motivação, independente da idade, sexo e experiências anteriores.

Assim como acontece com qualquer exercício físico o CrossFit pode fazer mal caso não seja realizado com um acompanhamento adequado, além disso, vale ressaltar que como qualquer outra atividade física é necessário fazer uma avaliação médica antes de iniciar.

Um conselho que pode funcionar é não iniciar diretamente no CrossFit, por isso, a indicação é que seu treinador desenvolva um treino de musculação e corrida por exemplo, para que você esteja preparado a começar seus circuitos no CrossFit.

Uma vantagem dessa prática é que durante os treinos um mesmo circuito pode ser realizado de forma simultânea por atletas de qualquer nível.

A maioria das academias tem várias turmas e diversos níveis para a prática da atividade.

A grande questão é trabalhar os níveis de intensidade necessários para cada aluno, por isso, é possível adaptar os pesos, tempos, distancias só assim o aluno se mantem estimulado e o programa não precisa ser modificado.

Vantagens do CrossFit.

Condicionamento total do corpo: os exercícios funcionais nos ajudam a treinar os movimentos de forma completa, o que implica as cadeias musculares e exercícios analíticos que podemos fazer nas máquinas da academia.

Diversidade e diversão: o treino pode mudar todo dia, por isso é muito difícil ficar entediado. Além disso, por ser uma atividade realizada sempre em grupo, que rapidamente se torna uma equipe.

Melhoras físicas em curto tempo: por oferecer ao músculo um estimulo diferente do que estamos acostumados, as mudanças aparecem em um curto espaço de tempo, principalmente no inicio. Além disso, a alta intensidade dos treinos ajuda a ganhar força e a queimar gordura.

Dica importante:

Na hora de escolher onde fazer CrossFit, além de levar em consideração a estrutura, os profissionais e os valores dos pacotes, nunca é demais lembrar que para iniciar qualquer tipo de atividade física é necessário que o aluno passe por uma avaliação física ou médica e todas as boas academias oferecem esse serviço.

Posts relacionados