Práticas esportivas

Guia completo de natação para qualquer praticante!

single image

A natação é um esporte muito famoso e tem sua popularidade em massa, pois uma grande parte da população tem contato com a prática desde pequeno. Outro fato que a faz ser tão conhecida é que para ter contato com o esporte é preciso estar imerso em água, seja na piscina ou em praia e muitos aproveitam o descanso ou tempo livre nesses locais, o que facilita ter experiência no esporte.

Sendo assim fica fácil reconhecer o esporte e também ter um pouco de experiência pelo mínimo de tempo na água, seja ela doce ou salgada. Por acaso você conhece essa modalidade a fundo? Então fique aqui para conhecer o guia completo de natação para qualquer praticante!

O que é natação?

A natação é uma modalidade esportiva que está no conjunto de atividades do Triathlon, junto com ciclismo e corrida. Ela é um esporte indicado para o desenvolvimento motor, então, por ser uma prática completa, muitas crianças começam a ter contato com a atividade física através da natação.

Seu destaque vai para o trabalho corporal, já que essa prática impacta várias áreas. As mais comuns são:

O ambiente da prática é diferente do comum, então, por estar na água, o controle da respiração é necessário para evoluir no esporte. Por envolver o controle da região, o esporte vai ajudar aqueles que têm problemas como a asma, pois vai auxiliar na resistência respiratória, vez que ela precisa ser forte para o corpo se movimentar na água.

História da Natação

Assim como a maioria das atividades físicas que temos hoje dia, a evolução da natação veio a partir da sobrevivência do ser humano.

O homem sempre procurou por alimentos e buscou por alternativas para viver, então ele não ficaria procurando apenas na terra durante toda sua vida. A água veio como um recurso para as suas necessidades, então desde fugir de animais maiores ou buscar por novos alimentos, mares, rios e lagos foram alguns dos locais de busca e refúgio.

Como impacto o corpo começou a se acostumar com o ambiente, então a partir desse ponto pode-se dizer que a natação começou a surgir.

É difícil especificar com exatidão quando o homem começou a ter dedicação com esse esporte, contudo os registros históricos apontam para o Egito, em meados de 5000 a. C. Nesse período havia professores de natação para a classe dos nobres, então a prática não era algo tão acessível como é atualmente.

Na Grécia a natação também teve sua importância. Lá existia um culto ao corpo bonito e esbelto e, com isso, a modalidade serviu para as necessidades, já que ela trabalha inúmeras partes do corpo de uma só vez.

Atualmente o esporte é difundido por escolas e centros esportivos, então ele atinge pessoas que buscam por lazer e qualidade de vida e também aqueles que desejam ser atletas profissionais e participar de competições.

Estilos de nado

Como a maioria dos esportes e modalidades, a natação não vai ser única e exclusiva a um modo de praticar. Para atingir a maior parte da musculatura do corpo é necessário utilizar movimentos diferentes dentro da água.

Para isso existem alguns estilos de nado. Os mais conhecidos são:

Nado livre (Crawl)

O nado livre costuma ser o primeiro estilo que os nadadores aprendem, pois sua técnica ajuda no rendimento, sendo o mais veloz e o que consegue trabalhar diversos grupos musculares ao mesmo tempo.

A sua execução é feita com o peito virado para o fundo da piscina, movendo os braços paralelamente ao corpo, de forma rotativa. Ou seja, se um braço está na frente, o outro está atrás. As pernas auxiliam no estilo, então elas precisam bater de forma alternada na água. 

Esse é o estilo mais comum, então mesmo que você nunca tenha ido a uma aula de natação, provavelmente você nada desse jeito quando está na água.

Nado de costas

Considerado como crawl invertido, o nado de costas é feito de modo inverso ao livre, pois agora as costas estão em direção ao fundo da piscina e os braços têm a sua rotação feita de modo contrário. A cabeça precisa ficar em sua posição natural ou um pouco inclinada para evitar que a água cubra a superfície do rosto.

Esse estilo é utilizado muitas vezes como aquecimento ou como uma série mais leve após intensas execuções de outros nados como o crawl.

Nado de peito

O nado de peito é o mais complicado, ele exige muita técnica e coordenação do atleta. A simetria é necessária para o estilo, já que os movimentos que serão realizados precisam ser simultâneos, então o lado esquerdo precisa ser idêntico ao direto.

O cuidado é uma precaução mínima para o estilo, pois como ele exige muito do corpo, podem ocorrer lesões, principalmente na região do joelho, por causa do movimento não natural da pernada.

Nado borboleta

Por fim, o nado borboleta é o mais complexo entre os estilos, ele é o resultado da execução de movimentos simétricos em conjunto com velocidade. A complexidade é grande, tanto que é o segundo nado mais rápido para os nadadores.

A execução é feita com o corpo estendido com os membros superiores à frente (alinhados ao resto do corpo) na superfície da água. A cabeça também fica na posição natural, então no nado ela pode ser vista fora da superfície.

Provas da natação

A natação também tem competições e desafios que são realizados nas provas. Nos objetivos gerais, cada uma tem como meta determinar o nadador mais rápido. Existem desafios individuais e em equipe. Os mais conhecidos são:

Individuais

As provas individuais são feitas para a competição entre nadadores com diferentes percursos e estilos. Ela abrange muitas distâncias, são elas:

  • 50 metros.
  • 100 metros.
  • 200 metros.
  • 400 metros.
  • 800 metros.
  • 1.500 metros.

Estafeta

A prova de estafeta ou revezamento é feita em equipe. Nela são 4 nadadores de um mesmo time que fazem um percurso fixo e, após terminar a sua parte, passa o testemunho (bastão) para o próximo da equipe.

O objetivo é terminar o percurso em menor tempo. É também uma prova que reúne vários estilos da natação. Cada um tem a sua distância:

  • 4×100 metros e 4×200 metros para estilo livre.
  • 4×100 metros para o medley (mescla de todos os estilos).

Medley

Nas provas do medley o nadador vai executar os 4 estilos de forma alternada, mas também em uma sequência específica, seja ela individual ou em revezamento. A ordem é:

  • Individual: borboleta, costas, peito e crawl.
  • Revezamento: costas, peito, borboleta e crawl.

Todos podem praticar natação?

Sempre existe a dúvida se devemos ou não praticar um novo esporte. Antes de mais nada, é necessário acompanhamento médico para averiguar sua saúde, ainda mais se você possuir algum problema respiratório. Se estiver liberado para a modalidade, busque por um instrutor ou assessoria esportiva focada em natação. Não faça a prática sem supervisão!

De forma geral, o esporte não possui restrições nem de idade ou de biotipo, tanto a prática é bem-vinda para crianças e idosos. A única precaução é para buscar um ambiente controlado e com profissionais, pois caso seja a primeira vez nas aulas, é necessário equipamento e cuidado ao entrar na água.

Como já dito, a natação também exige bastante da respiração, então é preciso ter em foco como respirar na prática. Para além, a prática é uma ótima escolha para fins terapêuticos e recuperação de patologias.

A importância da respiração!

Quem pratica natação não está na superfície de costume para o corpo humano, então é preciso entender em como utilizar o corpo a seu favor na hora que estiver imerso na água. Para que isso ocorra é necessário entender e praticar movimentos em sincronia com a respiração, pois ela é um dos pilares do esporte. Sendo bem executada, a performance é garantida!

Existem diversas modalidades dentro da natação e a respiração precisa ser adaptada para todos os casos, pois caso os momentos de puxar e soltar o ar forem diferentes do que é exigido, o atleta vai ficar mais lento e cansado. Ou seja, respiração e evolução são importantes dentro do esporte.

Sendo assim, para aqueles que têm problemas na respiração, o esporte é uma ótima opção para melhorar as condições das vias respiratórias, além da consciência corporal que vai ser adquirida. E não pense que o modo que inala e exala o ar vai ser diferente quando não estiver nadando, pois o costume pode ajudar todos a chegar na respiração natural, tendo como consequência mais qualidade de vida além do esporte!

Precauções na natação

Assim como em todo esporte, todo cuidado é pouco na hora de praticar. E o mesmo não mudaria para a natação, então antes de ficar imerso, algumas precauções básicas precisam ser tomadas para render mais no esporte.

Por estar em água e não em terra, a respiração e o modo que o corpo se comporta mudam, então além de estar imerso em uma altura segura para o corpo não afogar, esteja em um ambiente preparado e com equipe técnica para o suporte, seja professor, instrutor ou educador físico. 

Segurança é uma necessidade em todo esporte e a natação é uma modalidade que precisa de suporte, ainda mais se for o primeiro contato do atleta com a prática. Evitar aventuras, ir para regiões muito fundas e ter o equipamento mínimo é o que todos devem fazer ao entrar na piscina.

Não pense que a natação é um esporte em que você pode ‘se virar’ durante os treinos, respeite as orientações profissionais para não prejudicar o seu corpo e saúde.

Equipamentos para praticar natação

Nadar exige muito do corpo, então todo equipamento que pode reduzir impactos e otimizar a rotina esportiva são bem-vindos na hora de entrar na água. A natação conta com muitas opções para a prática, então, na hora de começar, todo nadador deve ter os itens básicos para quando estiver na piscina. Os mais comuns são:

Trajes de natação

Nadar na piscina não é tão diferente do que nadar no mar, então o básico para homens e mulheres não muda. A sunga ou bermuda são as opções para o lado masculino, enquanto maiôs e macaquinhos são as escolhas para o lado feminino. Biquíni não é uma escolha adequada nessa ocasião para as mulheres.

Assim como na vida, escolha os trajes pelo conforto e eficiência, não pela aparência! 

Touca

A touca é um item para que o cabelo não caia sobre a região do rosto, pois a situação pode atrapalhar o desenvolvimento dos movimentos e até a evolução do nadador. Seja homem ou mulher, a touca é necessária para que pequenos problemas sejam evitados enquanto estiver nadando.

Outra questão que diz respeito ao equipamento é a higiene. Usar touca evita que fios de cabelo se soltem da cabeça durante os treinos e fiquem na água, então pensar no outro atleta que vai usar a piscina é um sinal de respeito, além de ajudar a não ter sujeiras na água em que está sendo realizada os exercícios.

Óculos

Os óculos de natação são os queridinhos de muitos e é um dos itens mais importantes, vez que ajuda a enxergar embaixo d’água. Outro benefício de utilizá-los é que são uma grande proteção aos olhos, tanto pelo fator da água conter cloro, quanto por conta da luminosidade que reflete na piscina.

Os impactos são uma maior confiança por grande parte dos nadadores, pois assim não existe o medo de bater em nada que esteja ao redor e também ajuda muito na visibilidade, pois enxergar sem este item é uma grande dificuldade quando se está imerso.

Sendo assim, busque um modelo que tenha um bom custo-benefício para não ter atraso de rendimento e conseguir ter evolução no esporte!

Tampão de ouvido

O tampão de ouvido é um item muito utilizado por profissionais e amadores, pois protege a região da orelha. Eles são essenciais para prevenir a infecção por causa da entrada de água, então para evitar qualquer dano ao corpo, este item também não pode faltar nas suas aulas!

Existe também o tampão de nariz, conhecido como clip, que ajuda os nadadores a evitar a entrada de água e ar por essa via respiratória. Porém, veja com o instrutor se é o caso de utilizar o acessório nas práticas.

Prancha

Por fim, a prancha é um acessório que vai ajudar o nadador a desenvolver os movimentos básicos do esporte, contribuindo, por exemplo, na melhora da força e resistência das pernas.  A sua função para o treino vai depender do nível de prática, um amador vai utilizar para aprimorar a técnica da pernada, enquanto um profissional vai usar para evoluir a força e a resistência do treino.

Outros equipamentos são bem-vindos, mas não são cobrados por todos os treinadores. São eles:

  • Nadadeira.
  • Flutuador.
  • Palmares.

Quais os benefícios da prática?

Nadar é um ótimo estímulo para o corpo, já que praticamente movimenta todos os músculos. Como impacto muitos benefícios vão aparecer na vida do atleta, desde questões básicas como socialização, até fortalecer a memória. Alguns desses benefícios são:

Ajuda a emagrecer

A natação é um esporte que exige muito do corpo, então o gasto calórico é bem alto. Outro fator que está relacionado com o esforço é que a densidade da água é grande, então exige muito da musculatura. A principal consequência desses fatores é que o esporte vai ajudar a emagrecer, então investir na prática pode ajudar bastante aqueles que buscam a redução de peso.

Outro ponto benéfico é que, mesmo tendo a necessidade de esforço, a natação é um esporte de baixo impacto, o que reduz os riscos de lesões e dores no corpo.

Favorece a concentração

Natação é um esporte de intensidade moderada, então um de seus impactos é melhorar a atividade cerebral, logo a concentração vai ser melhorada ao praticar a modalidade. Por ser um exercício aeróbico, ela também vai ajudar na oxigenação do corpo e consequentemente do cérebro, o que pode aumentar a atividade intelectual, ou seja, causa melhora do raciocínio.

Os demais benefícios que estão em conjunto com o tópico são a produção e liberação de endorfina e serotonina, hormônios responsáveis pelo estado de alerta e concentração, o que melhora a produtividade no cotidiano.

Reduz estresse

Toda atividade física vai auxiliar a esvaziar a mente e com a natação não seria diferente. O destaque vai para o controle da respiração, que, assim como a meditação faz, vai te ajudar a respirar de maneira correta, auxiliando na capacidade de ter foco e de diminuir a quantidade de pensamentos, então nadar vai ajudar a controlar a carga de informação mental da sua rotina.

Além disso, de forma terapêutica, o som tranquilo que você ouve ao estar imerso vai auxiliar a relaxar o corpo, diminuir tensões e melhorar o humor, pois o foco está nos detalhes ao redor e não na mente.

Socializa

Por fim, um dos grandes benefícios que atingem todos os praticantes em todas as idades é a socialização. Nadar requer o contato com os colegas, seja nos descansos ou ao longo das aulas. Além disso, conversar com o instrutor sobre como fazer os exercícios, tirar dúvidas ou estar atento às indicações já garantem um diálogo, então o silêncio não será recorrente nas práticas.

Se você deseja ter contato com pessoas e fazer uma prática coletiva, a natação vai ser uma ótima escolha!

Existem outros benefícios que já foram ditos, mas vale reforçar, que são consequências de um bom treino de natação:

  • Melhora a respiração.
  • Traz consciência corporal.
  • Trabalha muitas partes do corpo.
  • Ajuda no combate de algumas doenças.

Extra: dicas de sucesso para se tornar um nadador profissional!

Se você chegou até aqui é porque está curioso para saber como evoluir na natação, correto? Não existe fórmula mágica para ajudar nesse caso, pois o treino frequente e bom descanso são alguns fatores mínimos para render no esporte.

Porém, algumas dicas podem ser úteis para você que deseja otimizar seu treino e ter mais resultados. As 3 orientações são:

1 – Invista na técnica

A natação não é apenas movimentar o corpo em estilo único! Quem quer chegar ao sucesso precisa entender a mecânica e como executar com maestria os movimentos, então se você deseja alcançar o nível dos profissionais, saiba exatamente o que está fazendo. Preste atenção nas pernadas, braçadas e se a angulação para cada movimento está sendo feita de modo correto.

Se você tem acompanhamento profissional ou equipamentos que te ajudem a reproduzir a prática, utilize a seu favor! Você só irá saber se está no caminho certo com apoio. Lembrando que a técnica também está relacionada com o suporte.

2 – Tenha acompanhamento

Ninguém chega a um nível profissional sozinho, então é preciso que um profissional que entenda do esporte esteja a seu lado. Ter um professor ou assessoria esportiva é o mínimo de investimento para chegar ao sucesso, então não tenha medo de investir.

Os profissionais são aliados para evitar lesões e também estão ali para ajudar na sua evolução de acordo com o seu perfil. Como dito anteriormente, existe uma evolução na prática e é preciso respeitar seu corpo para chegar lá.

O acompanhamento também está ligado aos médicos! Verifique as condições de saúde do seu corpo para saber se pode ou não investir com garra e determinação na natação!

3 – Pratique outros esportes

Mesmo trabalhando quase toda a musculatura corporal, praticar outros esportes ou modalidades sempre será uma ótima opção para evoluir na natação. O condicionamento físico será essencial para o seu crescimento, além de ter mais consciência corporal.

Busque pela musculação, por exemplo, para fortalecimento do corpo e ganho de massa magra, pois a força na natação também é primordial e uma aliada para as técnicas.

Que tal ir nadar?

Agora que você já sabe os mínimos detalhes sobre o esporte e como evoluir, desde nadador iniciante até o nível profissional, não tenha medo de começar a nadar. A prática de natação é uma escolha maravilhosa para todas as pessoas, basta ter ânimo e gostar de estar na água!

Espero que tenham gostado do Guia de Natação da Treinus!

E para mais conteúdos semelhantes, não se esqueça de assinar a nossa newsletter!

1 Comentário
  1. Peter Tanner jr 1 mêsatrás

    Concordo com tudo o que foi escrito.

Deixar um comentário

Fique tranquilo que não publicamos o seu endereço de email.

Posts relacionados