Posted in:

Mecânica de corrida: Melhore sua performance correndo da maneira certa

Mecânica de corrida: Melhore sua performance correndo da maneira certa
Este texto te ajudou?

A corrida é uma das atividades físicas mais realizadas no mundo devido a sua praticidade. Porém, o que muita gente não sabe é que correr é uma atividade complexa que envolve todo nosso corpo.

Cada um de nós corre de uma maneira diferente, mas existem certos aspectos gerais que tornam os movimentos de corrida comuns a todos que a praticam.

A atividade de observar e identificar a maneira mais correta de correr para cada um é denominada mecânica da corrida e pode ser uma grande aliada tanto dos atletas, como das assessorias esportivas.

A corrida

Na corrida as pernas são as partes fundamentais de movimentos da parte inferior de nosso corpo. Cada passada de corrida pode ser definida em três fases principais: apoio, impulso e recuperação.

O apoio e o impulso dizem respeito aos momentos em que o pé toca o chão. Já a recuperação ocorre quando estamos com os pés saltando. Desse modo, enquanto corremos somente um dos nossos pés está no solo e por isso sempre haverá uma perna em recuperação enquanto outra realiza o apoio e o impulso.

A postura

A postura deve ser ereta, porém ligeiramente inclinada para frente.

A postura é fundamental pois é ela que coloca o nosso centro de gravidade na parte frontal de nossos pés. Desse modo evitamos quedas. A postura correta também é fundamental para evitar que nosso pés acabem pisando na frente do nosso centro de gravidade, o que acarreta freadas inesperadas.

Movimentos da parte superior do corpo

O modo como movimentamos a parte superior do nosso corpo também é essencial para uma boa mecânica da corrida. Devemos recompensar o movimento de recuperação das pernas com os braços opostos. Já os movimentos de apoio e impulso devem ser equilibrados alçando o braço oposto. Os ombros e o quadril também estão envolvidos nesse processo. Nesse caso os ombros devem estar relaxados e o quadril e glúteos contraídos.

Uma parte recompensa a outra: a corrida exige um trabalho de todo o corpo

É como se a parte de cima compensasse o movimento realizado pela parte de baixo. Desse modo, quando realizamos um impulso mais lento com as pernas na recuperação o movimento para cima do braço deve ser igualmente mais lento. Já os movimentos para baixo com o braço devem ser mais fortes e rápidos.

O  maior gasto energético durante as corridas ocorre na tentativa de equilibrar os movimentos das duas partes do corpo. Por isso, quem deseja obter grandes aumentos de velocidade economizando energia deve eliminar os movimentos incorretos e prejudiciais da parte de cima.

Recomendações para correr de forma adequada:

– Nunca esquecer o aquecimento

– Escolher locais adequados para praticar a corrida

– Manter uma boa postura corporal (ombros relaxados e olhando para frente)

Utilizar tênis adequado para o tipo de corrida e para seu tipo de pisada

– Jamais se exceder (seja na duração ou na intensidade do exercício)

– Não esquecer de realizar a recuperação e o repouso de forma adequada

-Fazer avaliações de postura para conhecer a mecânica do seu corpo acompanhado de um profissional

Praticar corrida não é tão simples como imaginamos. Por isso, é sempre bom estarmos atentos aos movimentos que são realizados durante os treinos. Só assim iremos aprender a técnica correta para a prática.

Tem algum aluno ou colega de corrida que precisa dessas dicas? Compartilhe nas suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.