Eventos

Maratona do Rio? Prefiro chamar de Lição de Vida!

single image

Acredito que toda história de corrida, carrega uma particularidade, uma superação a ser feita, seja ela a quebra do medo, ou ainda com a promessa e busca de uma nova motivação.

Minha história com a corrida não foi diferente, teve início em 2015, na época minha atual equipe V-RUN Team, estava levando aproximadamente 50 atletas para o evento Maratona do Rio 2015, exatamente no dia seguinte que tomei minha decisão de começar a correr.

Existiam pessoas se desafiando para a Meia do Rio, outras estreando na Maratona, e algumas na Family Run, atletas das mais variadas idades. Eu percebi ali que a Maratona do Rio era extremamente democrática e todos podiam participar, com a escolha do seu desafio.

Mas por que a Maratona do Rio de Janeiro?

Em 2016 estava muito empolgado em realizar minha 01° Meia Maratona do Rio, recordando da emoção e empolgação que vi os Atletas falando sobre, e claro correr em uma das Pista de Corrida mais linda do mundo, com um percurso encantador e de cativar qualquer pessoa, a meia é uma beleza a parte!

Como nem tudo são flores, logo após retornar da Meio do Rio de 2015, em Agosto, descobri uma complicação de saúde, que me impossibilitou de correr/treinar, mas coloquei como meta/promessa que se a cirurgia fosse um sucesso, eu iria correr a Maratona do Rio 2017!

Realizei minha inscrição para a Maratona do Rio a caminho do bloco cirúrgico, na sala de espera.

Passado a cirurgia, a corrida lhe entrega exatamente aquilo que você dedica a ela, e sempre existe a chance de recomeçar! Há aqueles que digam que correr é moda! Eu discordo. Correr não é moda, é estilo de vida que envolve hábitos e padrões que vão se adaptando ao dia a dia! É uma maneira de vivenciar o mundo!

Correr a Maratona do Rio em 2017 em especial os 15 anos dela teve um sentido especial. Além da superação e do calor que só o Rio 40° proporciona, existe a fé na humanidade que se renova a cada passada e cada superação em especial que se vê na linha de chegada.

Desafio da Cidade Maravilhosa? Pra que correr 63 kms!

Em 2018 encarei o Desafio da Cidade Maravilhosa “pagando” outra promessa de saúde, e como se tratava da primeira edição do desafio, não poderia perder essa oportunidade de celebrar na pista de corrida mais linda do mundo, e sempre renova minhas esperanças!

Como todo corredor sabe, a zona de conforto nunca é uma opção! Treinar pra melhorar é sempre um desafio diário, ser atleta amador ou profissional, não é fácil!

Suportar o calor, o frio, a chuva, o vento e outras adversidades não é foi agradável, e acho que várias pessoas podem concordar com a minha opinião,, mas manter o seu foco, sua determinação e sua vontade de EU QUERO é fundamental para te levar para longe! Foi essa vontade que me deu a oportunidade de conseguir alcançar e concluir a Meia do Rio (2016), Maratona do Rio (2017) e Desafio da Cidade Maravilhosa – 63Kms (2018).

A palavra DEDICAÇÃO tem que estar sempre presente, até mesmo para que possamos sempre ter aquele gosto de superar e conquistar o que queremos! Em 2019 volto ao Rio para um reinício de Ciclo da “Maratona do Rio” correndo a Meia para #VivaHistóriaspraContar!

Então eu lhe pergunto, você já experimentou sair da sua zona de conforto? Se desafia a ser sempre a sua melhor versão? Buscando seus objetivos e correndo atrás deles? Vivendo Histórias pra Contar?

Deixar um comentário

Fique tranquilo que não publicamos o seu endereço de email.

Posts relacionados