Posted in:

Gengibre: origens e benefícios

Gengibre: origens e benefícios

Gengibre: origens e benefícios
Este texto te ajudou?

Você já deve ter percebido a popularidade do gengibre entre as mais variadas pessoas. Seja como condimento para diferentes planos alimentares ou como ingrediente de suplementos que podemos encontrar no mercado, o gengibre está sempre em nossa alimentação.

Quer saber os motivos que tornaram o gengibre tão utilizado? Nesse arquivo a gente te conta tudo sobre esse alimento.

Gengibre: origens e benefícios

O gengibre (que tem como nome científico Zingiber Officinale) geralmente é cultivado em regiões quentes. É uma planta perene de origem asiática e pode chegar a medir cerca de 2 metros. Seus benefícios são reconhecidos e utilizados desde o império romano e o gengibre era uma das especiarias  procuradas por Navegantes nas primeiras expedições náuticas.

Atualmente a maioria de gengibre vem da Jamaica, porém também é amplamente cultivado na China e na índia.

O gengibre é uma raiz de sabor marcante e picante, geralmente utilizado em pequenas porções. Ele aporta vitaminas, minerais, antioxidantes, aminoácidos e óleos essenciais. Tudo isso é fundamental para nosso organismo, por isso o gengibre é considerado um super alimento.

Outra questão importante é que o gengibre pode ser consumido e aproveitado de diversas maneiras: chás de infusão, sucos, saladas, sobremesas e caldos. Podendo ser consumido fresco, em tabletes, pedaços ou em pó.

Confira aqui 4 receitas de suco verde que tem o gengibre como ingrediente.

Consumir gengibre aumenta a temperatura corporal, por isso não é muito indicado para as pessoas que estejam com febre. 

O gengibre é tão presente assim porque apresenta propriedades valiosas.

Antioxidantes: incluindo um efeito superior aos que encontramos no alho.

Minerais: foi constatado que o gengibre possui uma quantidade elevada, sendo uma importante fonte de minerais como o selênio, o potássio, o ferro e o magnésio e zinco.

Vitaminas: o gengibre possui vitaminas E e as presentes no complexo B, principalmente o ácido fólico. 

Para que serve o gengibre.

O gengibre serve para uma infinidade de coisas. Ele é um alimento potente no  tratamento de problemas no intestino, porém é amplamente utilizado para problemas no estômago e no aparelho digestivo de forma geral.

O gengibre estimula o pâncreas e aumenta a produção de enzimas que favorecem a digestão. Desse modo evita efeitos secundários que podem ser a acidez e a sensação excesso. Além disso, o gengibre é antibacteriano e ajuda a combater problemas intestinais que podem ser gerados através da alteração da flora. 

Também é um importante alimento no combate a alguns tipos de náuseas e pode sanar a vontade de vomitar. Por isso, também pode ser utilizado para enjoos antes de treinos ou de viagens (nesse caso consumir gengibre 3 horas antes de pegar o ônibus, carro ou avião).

Confira dicas para evitar enjoo durante a corrida.

Caso a viagem seja muito longa é recomendado ingerir gengibre também durante o processo. No pós operatório essa raiz também tem seus potenciais. Nesse caso: reduz efeitos negativos de várias medicações que são utilizadas em cirurgias.

O gengibre é potente para evitar a aparição de úlceras (graças ao seu poder antibacteriano). Serve também para equilibrar a produção de líquidos no estômago, por exemplo. Também afeta o aparelho respiratório, por isso é importante para combater a gripe e a congestão nasal. 

No esporte o gengibre estimula a circulação sanguínea e também tem efeito energizante. O uso dessa raiz pode ajudar na eliminação de dores musculares. O consumo regular de gengibre é uma potente opção para quem deseja estar com a imunidade em dia.


Seja para praticar esportes ou para melhorar as taxas e níveis do organismo o gengibre é um grande aliado. Por isso, não perca tempo e comece a utilizar esse alimentos nas suas receitas cotidianas. Além de aumentar o valor imunológico, tomando essa atitude você perceberá muitos benefícios vindo dessa raiz asiática.

Já usa o gengibre na sua alimentação ou vai começar a utilizar à partir de agora? Conta pra gente o que você sabe sobre ele nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.