Práticas esportivas

Nauseas e tonturas frequentes nunca mais! Como evitar o enjoo durante a corrida.

single image

Não é incomum entre os corredores ter nauseas e tonturas frequentes durante corridas ou treinamentos para maratonas.

As causas podem ser desde o modo como se alimentam, a falta de fluxo sanguíneo durante a digestão ou simplesmente nervosismo e ansiedade antes da atividade (corridas ou maratonas de qualquer porte).

O enjoo é um problema comum que acontece principalmente com os corredores que estão começando, mas com alguns ajustes na alimentação e mudanças de hábitos é possível acabar com o problema.

Se o desejo é atingir um bom condicionamento físico é importante levar em conta que toda atividade deve ser praticada de forma adequada.

Por isso, um bom planejamento é fundamental.

Correr de forma prolongada e intensa pode fazer com que os limites sejam atingidos e por isso o organismo pode reagir com enjoos, ânsias de vomito, náuseas e incômodos estomacais e intestinais.

A falta de sangue no trato gastrointestinal.

O sangue que normalmente se utiliza para digerir e absorver os alimentos é desviado até os músculos que trabalham durante a corrida, o que deixa o trato gastrointestinal sem subsídios de sangue necessários para funcionar normalmente., o que pode causar as nauseas e tonturas frequentes.

A presença de alimentos ricos em fibra.

Os alimentos feitos de fibras insolúveis promovem a retenção de água no trato gastrointestinal, que além do enjoo também podem causar a diarreia, as nauseas e tonturas frequentes.

A falta de experiência.

Os atletas mais jovens e os menos experientes tendem a sofrer mais com os problemas gastrointestinais. O trato gastrointestinal deve se acostumar com o stress do exercício e de maneira geral os enjoos acabam com o passar do tempo.

O tempo de treinamento.

Os exercícios muito pesados ou muito rápidos podem desencadear problemas gastrointestinais.

Conselhos para evitar os problemas com nauseas e tonturas frequentes.

  • Evite o consumo de alimentos pelo menos uma ou duas horas antes da corrida ou do treinamento. A presença de alimento no estomago contribui para os enjoos e problemas estomacais;
  • Evite alimentos ricos em fibras (frutas, verduras, legumes, cereais integrais), café e chá antes do exercícios. Consumir alimentos como o arroz branco e banana na noite anterior ao treinamento ou corrida pode ajudar;
  • Mantenha-se hidratado. Beber água, ou uma bebida esportiva durante os treinamentos poda manter os níveis de eletrólitos;
  • Consumir alimentos ricos em carboidratos (como o arroz branco e banana) na noite anterior ao treinamento ou corrida pode ajudar na prevenção das náuseas;
  • Evite o consumo de produtos lácteos. A proteína presente neles pode demorar muito para ser digerido no organismo;
  • Evite as aspirinas e os anti-inflamatórios, ibuprofeno por exemplo, especialmente se tiver um histórico prévio de sintomas durante a corrida;
  • Evite o calor e a humidade: correr em climas quentes e húmidos pode aumentar a possibilidade de  desidratação. O esgotamento por calor pode gerar fadigas, náuseas, câimbras e tonteiras. Por isso, é aconselhável correr quando o climas estiver mais fresco, por exemplo no inicio da manha, ou no período noturno. Se o ambiente de corrida for coberto, certifique-se de que o espaço conte com um sistema de ventilação adequado;

É importante estar sempre atento aos sinais que o corpo nos oferece.

Saber os nossos limites, se preparar para os exercícios (com alimentação e hidratação adequada) e inclusive escolher os horários e condições para a prática da atividade são fatores fundamentais para uma corrida sem danos ou problemas.

E se mesmo assim tiver enjoo durante a corrida?

Se começar a se sentir mal durante a corrida o aconselhável é buscar um lugar fresco e ventilado para que possa descansar. Caso as nauseas e tonturas frequentes não melhorem após meia hora o aconselhável é buscar orientação médica.

Conselho de especialista.

O Nutrólogo Ricardo Borges adverte que são muitos os fatores que envolvidos para que os enjoos ocorram durante as atividades.

A presença de alimentos no estômago é um deles, mas ele recomenda que as práticas não devem ser feitas em jejum.  Por isso, o ideal é a ingestão de alimentos uma ou duas horas antes dos exercícios e atividades.

 

Com essas dicas você pode evitar os problemas com nauseas e tonturas frequentes, não é verdade? Então veja esse nosso outro artigo sobre “ Alimentos que aumentam a imunidade.” e continue aprimorando a sua escrita para a web!

Posts relacionados