Alimentação

Quer emagrecer de forma correta? Evite esses 11 erros ao fazer dieta!

single image

Você sabe comer bem? Ou melhor, consegue ter refeições saudáveis sem precisar recorrer a milagres quando o assunto é alimentação? Infelizmente, pela falta de controle ou até mesmo acompanhamento nutricional, muitos erros ao fazer dieta surgem na vida das pessoas.

Jejum intermitente, suco detox ou eliminação dos carboidratos são algumas das escolhas mais populares para emagrecer quando se trata de alimentação. Porém, o que você não sabe é que esses são os erros mais frequentes ao adotar qualquer tipo de dieta.

Para te ajudar a melhorar os hábitos saudáveis e entender que não é necessário tomar nenhuma atitude agressiva, confira 11 erros ao fazer dieta e saiba como comer bem sem prejudicar a alimentação!

Evite esses 11 erros ao fazer dieta

Infográfico: evite esses 11 erros ao fazer dieta

1. Optar por dietas restritivas

Se for colocar numa escala, ter uma alimentação restritiva está entre os piores erros ao fazer dieta. Existem alguns tipos de alimentação que são específicos para pessoas que apresentam problemas ou deficiências nutritivas, caso este de pessoas celíacas, o que justifica uma alimentação regrada e limitada. Porém, se você deseja emagrecer, dificilmente dietas restritivas vão te ajudar no processo.

Isso porque, as dietas da moda vão excluir uma variedade de nutrientes, vitaminas e minerais importantes para a saúde do corpo, sem contar que, depois de algumas semanas, é necessário mudar o estilo de alimentação. E como impacto, o efeito rebote aparece. Ou seja, você retorna à estaca zero!

Não invente de seguir dietas restritivas e pense em escolhas saudáveis para melhorar os hábitos alimentares. Você pode, por exemplo, começar a reduzir o consumo de processados e focar em opções naturais para, aos poucos, mudar o estilo de vida.

2. Não investir na reeducação alimentar

Dieta NÃO É sinônimo de milagre, sendo assim, se você quer mudar hábitos da sua alimentação, o foco é na reeducação alimentar!

Comer bem, nos horários certos e na porção para o seu corpo, isso sim são fatores cruciais para alcançar os objetivos da dieta. O planejamento alimentar é um grande aliado para todos, sendo assim, não pense em regimes e restrições, mas sim na reeducação alimentar para ter qualidade de vida!

3. Cortar de vez os carboidratos

Se você perguntar para a maioria o que é necessário para emagrecer, quase 100% das pessoas irão responder “cortar os carboidratos”. Esse pensamento coloca o macronutriente como vilão alimentar, mas saiba que ele é essencial para te dar energia durante o dia.

Cortar os carboidratos pode ser extremamente maléfico, pois além de ser importante para o bom funcionamento do organismo em conjunto com as proteínas e gorduras, ele irá entregar fibras e outros nutrientes para o corpo.

Para uma boa alimentação, fique atento aos carboidratos refinados (arroz branco, pizza, refrigerante), pois eles devem ser evitados. No mais, é importante consumir os grãos integrais, as frutas e outros carboidratos para manter o corpo em equilíbrio!

4. Focar totalmente no jejum

Ficar 8, 10, 12 ou até 16 horas sem comer. Realmente isso será positivo para emagrecer? Se você quer ter saúde, saiba que não!

O jejum pode ser positivo para quem precisa regular a alimentação com espaçamento grande de horários, contudo, não deixe o estômago vazio, ainda mais se você precisar de muita energia e disposição para trabalhar!

Comer de 3 em 3 horas e ter digestão suficiente entre as alimentações já é ideal para grande parte dos objetivos, sendo assim, tenha apoio de um(a) nutricionista para evitar problemas ou tomar atitudes arriscadas para perder peso.

5. Não beber água

Você deve estar cansado(a) de escutar que água é essencial para manter o corpo hidratado e funcionando bem, e não seria diferente quando o assunto é dieta/boa alimentação. Ela é fundamental para a saúde, ajuda na digestão e ainda refresca, sendo assim, não deixe de beber água! 

6. Consumir chás emagrecedores

Consumir chás emagrecedores é um dos erros ao fazer dieta mais comuns que existem, afinal, blogs de beleza e estética divulgam bebidas milagrosas que ajudam a afinar barriga, eliminar gordura e chegar no ‘peso ideal’.

Porém, saiba que o chá não alimenta e muito menos emagrece. Como dito anteriormente, o foco para ter resultados é a reeducação alimentar, ou seja, se você encontrou algum alimento dos deuses que te promete mil e uma maravilhas, trate de desconfiar!

7. Não consumir gorduras

Pensar em gordura é relacionar instantaneamente com o excesso de peso, afinal, se o objetivo é perder barriga e diminuir as medidas, por que consumir esse grupo alimentar? Esse é um pensamento equivocado e, consequentemente, um dos erros ao fazer dieta.

A gordura não é responsável por engordar, ela ajuda a manter a temperatura do corpo regulada, auxilia na regulação hormonal e ainda é fonte de energia. Se você pensa que deve evitar alimentos ricos em gordura, o seu pensamento precisa mudar.

Comer peixes, alguns derivados de leite e outros alimentos é importante para o bom funcionamento do organismo, sendo assim, não evite comer a porção ideal de gordura diariamente e tenha a saúde em equilíbrio!

8. Subir na balança todos os dias

Entrar numa dieta requer paciência, pois os resultados não chegam da noite para o dia. E nesses casos, subir na balança pode ser frustrante, principalmente quando você deseja perder peso rapidamente. Como dito, não existe dieta milagrosa e, se você quer persistir nos seus objetivos, evite ficar conferindo o peso com frequência.

9. Ter expectativas fora da realidade

Não existe a possibilidade de você começar uma dieta hoje e perder 10 kg em 7 dias. Essa pode ser uma realidade para lutadores e/ou outros atletas que precisam ajustar peso para competições, contudo, é necessário ter acompanhamento. E, o principal, aliar alimentação com a prática de exercícios físicos.

Se você quer um conselho, evite criar expectativas fora da realidade, pois esse será um grande erro que, além de gerar tristeza, pode te fazer desistir de seguir um plano alimentar saudável. Para manter a saúde e alimentação em dia, crie objetivos pontuais e que estejam de acordo com a sua rotina, nada a mais e nem a menos!

10. Exagerar no fim de semana

O famoso “dia do lixo” costuma ser entre sexta e domingo, o que pode acarretar sérios problemas na alimentação. Passar o dia inteiro comendo besteira como recompensa pela semana (e até por fazer dieta) não é uma atitude saudável, vez que, no fim das contas, não compensa o esforço dos dias úteis.

Para combater esse e outros erros ao fazer dieta, ingresse ao longo da semana pequenas refeições saborosas e que te fazem feliz. Uma barrinha pequena de chocolate, um bombom ou até lanches mais naturais com ingredientes que gosta, assim, é possível aproveitar com moderação e sem exagero.

Se você usar essa dica para manter as refeições em equilíbrio, em pouco tempo será possível ter um cardápio alimentício mais flexível, pois você terá conhecimento do ritmo da própria alimentação, o que garantirá comer alimentos saudáveis e outros processados!

11. Evitar a prática de exercícios

Por fim, é muito importante que você tenha em mente: emagrecimento acontece com reeducação alimentar e a prática de exercícios físicos. Se você tem uma meta complicada, saiba que apenas comer bem não será o suficiente, então prepare a roupa esportiva, escolha uma modalidade que curta e comece a movimentar o corpo.

Não pense que precisa ser algo difícil, você pode caminhar, dançar, correr, andar de bicicleta ou ir à academia, o importante é sair do sedentarismo e ter atitudes saudáveis que te auxiliem a cumprir as devidas metas!

Afinal, dieta é a solução para emagrecimento?

Não! Dieta é um dos caminhos para você ter uma vida em equilíbrio e com saúde, ela não será exclusivamente responsável pelo emagrecimento, pois o corpo precisa gastar energia e utilizar os estoques de gordura armazenados. Sendo assim, saiba que fazer dieta é um meio importante para que você regule a alimentação e coma o suficiente para seu biotipo e necessidades.

Lembre-se que a atividade física tem papel fundamental no emagrecimento, então busque apoio de profissionais (treinador, personal trainer, médicos e nutricionistas) para averiguar as questões de saúde e evitar problemas por falta de orientação.

Espero que tenha gostado do conteúdo!

Posts relacionados

Carregue Mais