single image

É eficiente emagrecer correndo?

A resposta é sim e os benefícios da corrida, além de perder peso, são muitos.

A corrida inclusive é considera uma das melhores atividades pra se queimar gordura e é fundamental para diminuição rápida de peso, caso exista uma dieta bem balanceada em conjunto, a corrida não faz milagre!

Ou seja, emagrecer correndo pode ser o ideal para você!

Existe um grande o numero de atletas que começam o exercício tendo como foco principal emagrecer correndo e por isso acabam conhecendo e aproveitando todos os vantagens que a corrida tem para a saúde e o bem estar mental e físico.

A corrida ajuda a emagrecer e, além disso,  proporciona um auxilio fundamental no processo de tonificação dos músculos, melhora a forma e aparência física e garante grandes benefícios ao sistema cardiovascular.

A corrida como tarefa regular pode proporcionar além de todos esses benefícios uma grande redução na probabilidade do desenvolvimento de problemas graves de saúde, a médio e longo prazo.

Emagrecer correndo ou caminhando? Correndo.

A corrida é mais eficaz que caminhada para quem não quer ganhar peso, como também para quem quer perder.

É importante saber que para emagrecer, principalmente emagrecer correndo, não basta apenas fazer exercícios de forma eficaz, também é importante considerar um plano de alimentação e uma dieta com base nas necessidades de cada pessoa e seus objetivos.

A corrida é mais eficiente que a caminhada porque o atleta leva menos tempo para produzir o mesmo esforço que teria num tempo maior de caminhada.

Imagine um exemplo: se tempo que gastamos para caminhar 5 quilômetros é de uma hora e vinte minutos, podemos fazer o mesmo percurso num ritmo de corrida gastando em torno de 40 minutos.

Logo, correndo gastamos o mesmo que caminhando, mas em muito menos tempo.

Além disso, há outro fator que leva a corrida funcionar melhor que a caminhada no processo de emagrecimento: uma questão metabólica.

Um exercício vigoroso permite que as taxas metabólicas se mantenham mais elevadas. No caso de quem caminha, essa taxa se mantém muito menor.

Para quem deseja perder peso os melhores são os exercícios aeróbicos, como a corrida.

Fazer abdominais, por exemplo, vai auxiliar no fortalecimento dos músculos, mas não queimará a gordura presente neles.

Existem dicas importantes para ajudar a proporcionar eficácia neles:

O que você ingere deve ser menor do que o que você libera.

A proporção entre calorias ingeridas e queimadas deve ser negativa.

O normal em uma dieta é a ingestão de 2000 calorias, o balanço calórico negativo pode ser, em geral de uma dieta entre 1000 e 1500 calorias, evitando de 400 a 500 calorias de uma dieta habitual.

Isso é fundamentalmente necessário para perder gordura corporal.

Mas fique atento: emagrecer sim, deixar de comer não, por isso que é fundamental o acompanhamento de profissionais nesse processo.

Conheça sua frequência cárdica.

Geralmente se trabalha com intensidades cardíacas baixas, entre 55 e 60%, mas o treinamento que queima mais gorduras é aquele que mantem a intensidade entre 70 e 80% da capacidade máxima que um pode atingir.

As pulsações varia de pessoas a pessoa.

O acompanhamento de profissionais é importante para não extrapolar e eles podem te apresentar maneiras de medir a frequência cardíaca, com treinamentos e métodos específicos.

Combine exercícios e descanse.

Todo treino acaba sendo mais eficaz ainda quando combinamos os exercícios de tipo aeróbico com os exercícios de força em menor intensidade.

A melhor forma é trabalhar em circuitos com exercícios de contração dinâmica (abdominais, braços, glúteos) e descansos ativos, que trabalham um grupo muscular enquanto o outro descansa.

Só assim o praticante segue queimando calorias e isso continua mesmo depois que encerramos o treino.

 

Gostou das dicas? Aprendeu como correr de maneira correta ajuda a emagrecer?

Agora é só começar os treinos! Ahh, temos esse outro artigo que vai melhor ainda mais sua eficiência melhorando sua alimentação, aproveite!

Posts relacionados