Práticas esportivas

Como aumentar a queima de gordura com o efeito EPOC?

single image

A busca por uma rotina ativa passa por diversos objetivos, mas o mais comum deles vai para além da saúde e tem sua raiz na estética: o emagrecimento. Isso acontece porque um dos resultados de um treino intenso é a queima significativa de calorias, mas o que muitos ainda não sabem é que essa perda pode continuar mesmo quando você não está mais fazendo exercícios, graças ao excesso de consumo de oxigênio, conhecido como efeito EPOC.

Após o exercício o metabolismo continua acelerado, e isso ocorre porque o corpo precisa equilibrar os hormônios, células e tecidos musculares para voltar o organismo ao seu estado normal. Processo que implica em um grande gasto de energia. Como explica Tiaguinho Almeida, profissional de Educação Física desde 2007, com pós em Fisiologia do Exercício e especialista em treinamento desportivo “EPOC é uma sigla em inglês (Excess Post-exercise Oxygen Consumption), que quer dizer consumo excessivo de oxigênio após o exercício.” Isso significa que o EPOC é a forma como seu corpo se comporta após atividades físicas, ou seja, o esforço e oxigênio usados para produzir energia enquanto se movimenta.

Tal processo de consumo de oxigênio após o exercício consiste em dois estágios: um componente rápido e um componente prolongado. O primeiro ocorre dentro de 1h, enquanto algumas pesquisas citam o componente prolongado em até 48h.

Efeito EPOC e Emagrecimento 

De acordo com o profissional, para os que objetivam a queima de gordura, o EPOC é um importante aliado. Tudo isso graças ao gasto calórico intenso e prolongado quando reunimos o efeito à atividade física, trazendo o emagrecimento, resultado esperado pela maioria dos praticantes.

Em contraponto, o que nem todos sabem é que esse processo pode ser otimizado através do efeito EPOC, já que com estratégias de treinamento de alta intensidade é possível gerar um  consumo de energia do organismo de forma elevada depois da sessão de treinamento, até mesmo quando se está dormindo. “De uma forma bem simples, é assim que funciona: toda vez que você executa um treino intenso, é gerado um estresse no seu organismo, que precisa acionar uma série de mecanismos para se reestabelecer.”, explica o treinador.  

Outro ponto importante a ser dito é com relação a quem costuma “contar calorias”, pois embora o custo energético do EPOC em uma sessão de treinamento de curta duração  se mostre pequeno, seu efeito cumulativo poderá ter um impacto positivo no quadro do emagrecimento em pessoas com sobrepeso e obesidade. 

Otimizando o efeito EPOC

Alguns estudos científicos compararam os efeitos do EPOC na musculação, em treinos de força e cardiovascular, como corrida e perceberam uma maior mudança no equilíbrio metabólico na primeira atividade. Isto é, a alta intensidade que um treino de força bem executado e orientado pode necessitar, requer um maior dispêndio na fase de recuperação.

Mas, para o educador físico, esses dados não descartam a otimização do emagrecimento através de treinos de corrida ou metabólicos, só é preciso que dentro da periodização estejam inseridos treinos de menor volume e maior intensidade, como tiros curtos, intervalados e ritmos. “Minha sugestão de atividades é a combinação de treinos de corrida e musculação, assim como o famoso HIIT (High Intensity Interval Training) ou treino intervalado de alta intensidade.”, afirma Tiaguinho enquanto ressalta que a combinação, além de otimizar o fenômeno EPOC e o emagrecimento, vai trazer benefícios como diminuição da pressão sanguínea, melhora da saúde cardiovascular e estímulo da sensibilidade à insulina, o último ajuda os músculos em exercício a usar prontamente a glicose na obtenção de combustível para produzir energia e melhora dos perfis de colesterol.

Por fim, o personal alerta que mesmo com tantos benefícios, medidas de segurança devem ser tomadas e planos devem ser feitos à luz de um apoio profissional “Obviamente o treino deve ser feito respeitando todas suas particularidades, como nível de aptidão física, idade, sexo, rotina e sempre com o auxílio de um profissional de Educação Física”, finaliza.

Conheça o treinador

treinador tiagoTiago Almeida, ou simplesmente Tiaguinho, como é chamado pelos seus alunos, é um paraibano arretado da cidade de Campina Grande. Graduado em Educação Física desde 2007, com pós-graduação em Fisiologia do Exercício e diversos cursos na área do treinamento desportivo, assim como do comportamento humano com formação em Coaching, PNL e Hipnose. Tem como missão mudar a vida das pessoas através da prática consciente do exercício físico e, por isso, em 2013 abriu sua assessoria esportiva, a TRIBO RUNNING. 

2 Comentários
  1. Avatar
    Rosario Davi 4 semanasatrás

    Esse prof é top demais!!!

  2. Avatar
    Denise Lino 4 semanasatrás

    Tiaguinho,

    é mt show! É o meu treinador. Adoro ser integrante da Tribo, a assessoria dele. O lema é real: Ser tribo faz toda a diferença!

    abs

Deixar um comentário

Fique tranquilo que não publicamos o seu endereço de email.

Posts relacionados