Posted in:

3 dicas para sair do sedentarismo

Dicas para sair do sedentarismo
3 dicas para sair do sedentarismo
Este texto te ajudou?

Sair do sedentarismo pode não ser tão fácil, afinal para isso são necessários alguns ajustes na rotina e principalmente mudança de hábitos, que na maioria das vezes são sinônimos de conforto e facilidade.

O que não chega a ser uma missão impossível.

Toda mudança de hábitos e de rotina deve ser gradual. Pesquisas já comprovaram que mudanças radicais e de uma hora para outra normalmente não tem vida longa, no intuito de ajudar as pessoas, escrevi dicas para sair do sedentarismo.

Experimente adotar pequenas mudanças em seu dia-a-dia para sair do sedentarismo.

Quando for ao shopping, troque a escada rolante pela escada comum ao menos uma vez. Pegou ônibus? Desça um ou dois pontos antes para dar uma pequena caminhada. Sem mudar muito sua rotina você pode começar a dar adeus ao sedentarismo.

A personal trainer Raquel Reis (ufrj@raquelreis.com) explica que o mundo moderno nos propicia conforto e comodismo e se não nos movimentarmos, gastamos pouca energia e certamente teremos um preço a pagar. “Se não fizermos atividades que mudem o nosso metabolismo, que nos façam deixar muito tempo numa mesma posição ou em descanso, certamente teremos encurtamento e disfunções musculares, o que ao longo do tempo causa dores e limitação de movimento”.

Mudar estas pequenas atitudes na nossa rotina pode ser o primeiro passo e o estímulo para outras atividades um pouco mais intensas.

Raquel lembra que para melhorar a qualidade de vida, emagrecer, é necessário não apenas mudar a rotina, mas incorporar no seu dia-a-dia esses hábitos saudáveis. “Subir escadas em vez de pegar elevador ou escada rolante; caminhar ou ir a lugares não tão distantes de bicicleta, skate ou patins em vez de usar ônibus ou carro; sair para passear e brincar com crianças e animais no lugar de ficar boa parte do dia assistindo TV…

Nosso corpo foi feito para movimentar-se. Tudo o que você precisa para se manter vivo e saudável é movimentar-se mais”.

E quanto mais o corpo se movimenta, mais ele quer se movimentar.

Só precisa ser estimulado a isso.

A mudança de pequenos hábitos pode fazer com que um dia você procure uma academia ou um personal trainer, que poderá orientar sobre outras mudanças não tão radicais em direção ao fim definitivo do sedentarismo. “Quanto mais movimentos o corpo fizer, mais irá acostumar-se a continuar e então terá mais motivação a ir à academia ou praticar uma modalidade esportiva, com exercícios planejados e orientados por profissionais, que desenvolverão mais ainda seu condicionamento físico”.

Encarar algumas tarefas domésticas como atividade física pode ser um estímulo às atividades físicas propriamente ditas.

Experimente também a dar pequenas caminhadas.

Uma boa dica é, ao chegar em casa do trabalho ou da faculdade, optar por descer um ou dois pontos antes e caminhar até sua casa. Aos poucos esta distância vai aumentando, até que a caminhada entra de vez em sua rotina diária.

Como pode ver, as tarefas diárias podem ser o primeiro estímulo ao movimento. “Em muitos casos a descoberta da atividade física ou esportiva que mais lhe atrai está exatamente nas atividades do dia-a-dia. Cada uma dessas atividades realizadas ao longo do dia pode parecer boba, mas na realidade não é.

Nossos ancestrais iam à caça e movimentavam-se por longas jornadas de horas, então é necessário que façamos o que fomos programados para fazermos, caso contrário, iremos depreciar nossa maior ferramenta, que é nosso corpo.

O sedentarismo ou o longo tempo de inatividade pode provocar encurtamento e disfunções musculares, dores e desconfortos, doenças ou predisposição a tais. Entre elas obesidade, diabetes, câncer, e depressão, entre outros. Simples tarefas diárias podem evitar todo esse ciclo”.

Então, experimente usar a escada comum no lugar do elevador ou da escada rolante; levantar do sofá para mudar o canal da TV em vez de usar o controle remoto; dê um descanso à sua faxineira e faça aquela faxina caprichada em casa; leve filhos, sobrinhos e netos para uma boa brincadeira na praça em vez de passar pó dia no videogame, espero que essas dicas para sair do sedentarismo ajudem você. Seu corpo agradece.

O que você achou dessas dicas para ser menos sedentários? boas? Então compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem o assunto!