Alimentação

Dicas de alimentos para corredores

single image

Sexta-feira é dia de falar sobre alimentação aqui no Transpire. Sempre procuramos levar para nossos atletas alimentos, dicas que possam melhorar a nutrição dos atletas e testar coisas novas sempre que possível. A ideia é auxiliar os atletas e treinadores a melhorarem os seus desempenhos nas atividades físicas desempenhadas por eles. A grande maioria dos atletas adoram comer e não gostam de engordar, e as pessoas tendem a ficar preso em uma rotina de comer os mesmos alimentos 4-5 para uma temporada completa.

A verdade é que você deve sempre estar olhando para mudar sua dieta e encontrar novos alimentos que são ricos em nutrientes e focada em servir a um propósito para os meus objetivos atléticos. Como você pode imaginar, esta é uma missão muito pessoal, que será diferente para todos.

Aqui estão cinco alimentos sazonais que você pode querer tentar:

Banana

É a melhor fruta, em se tratando de atividades físicas. É uma fonte de energia imediata e tem potássio, que evita a fadiga e a câimbra muscular. Também é rica em vitaminas do complexo B, que são responsáveis pela renovação celular e dos músculos. Ao ingerir o alimento a pessoa sente-se menos cansada, já que a reserva instantânea de energia é reposta mais rapidamente.

Gengibre

Tem efeito anti-inflamatório e ajuda a diminuir as dores musculares. Além de ser um alimento termogênico (Alimentos termogênicos são aqueles que aceleram o metabolismo e aumentam a temperatura corporal, sendo também conhecidos como queimadores de gordura corporal).

Frutas silvestres

As substâncias que dão a cor às amoras, framboesas, morangos e acerolas são chamadas de antocianinas, um conjunto potente de antioxidantes que pode ajudar a prevenir a doença de Alzheimer e alguns tipos de câncer. As antocianinas também podem ajudar na regeneração muscular e na recuperação pós-corrida. Nada mal para um grupo de frutas que contém meras 60 calorias por xícara.

Frango

Corredores precisam de cerca de 50% a 75% mais proteína que os não-corredores para ajudar na regeneração dos músculos e promover a recuperação pós-treinos pesados. Uma porção de 115 g de frango (um filé bem pequeno) fornece cerca de metade da necessidade de proteína de um corredor. Além disso, o frango contém selênio, um microelemento que ajuda a proteger os músculos dos danos causados por radicais livres durante os exercícios, e niacina, vitamina B que ajuda a regular a queima de gordura nas corridas.

Chocolate amargo

Chocolate contém antioxidantes poderosos chamados flavonoides, que ajudam a manter o coração saudável. Estudos sugerem que os flavonoides diminuem inflamações e ajudam a prevenir que substâncias do sangue se tornem aderentes, diminuindo assim o risco de coágulos. E ainda: o consumo regular da delícia poderia baixar a pressão arterial, o colesterol total e o LDL (que bloqueia as artérias). Mas não vale qualquer tipo de chocolate. O meio amargo (quanto mais escuro, melhor) geralmente contém mais flavonóis que o ao leite.

Posts relacionados

Carregue Mais