Práticas esportivas

Como se dar bem na preparação para uma maratona

single image

Para não desperdiçar meses de treinos e dedicação por causa de um vacilo, mostramos o que levar em conta na hora de fazer sua inscrição para uma prova.

Distância

Seu condicionamento e seus objetivos definem o tamanho da bronca. Mas seja realista, se nunca correu mais do que 10′ não é razoável encarar uma meia maratona em um mês. O tempo de evolução depende muito do organismo e do fôlego de cada um, mas no geral são necessárias pelo menos quatro semanas de treino para quem nunca correu participar de uma prova de 5K e aproximadamente oito para quem quer fazer os 10K. O ideal é partir para a meia maratona só depois de já ter completado uma prova de 10K antes. Maratona costuma levar meses.

Data

Considere a distância escolhida e o tempo de preparação necessário para escolher o dia da prova. Como a inscrição costuma ser feita com algumas semanas de antecedência, programe-se para estar livre naquele fim de semana. Se tiver um casamento na noite anterior, por exemplo, vale considerar outras datas.

Local

Cheque antes o melhor caminho para ir até a largada. Com centenas de pessoas chegando ao mesmo lugar na mesma hora, o trânsito costuma complicar, assim como o estacionamento. Considere, táxi, carona, bike, metrô e saia de casa com antecedência. Se a prova não for na sua cidade, é importante chegar um dia antes para ter tempo de descansar. No caso de provas no exterior, procure chegar pelo menos dois dias antes para se acostumar com o fuso.

Horário

A maioria das provas acontece bem cedo para evitar o calor. Mas algumas provas são realizadas um pouco mais tarde, às vezes por conta da transmissão da televisão. Por isso é importante ficar de olho, principalmente no caso de provas mais longas, para não terminar a corrida com sol a pino. Também é possível participar de provas noturnas, que já se popularizaram bastante. De toda forma, procure treinar no mesmo horário da prova para se acostumar.

Percurso

Fundamental, apesar de muitas vezes ser ignorado. Confira o trajeto da prova e verifique se tem subidas ou descidas para evitar surpresas (e pânico) no dia. Veja se tem sombra, se passa por trechos de terra ou paralelepípedo, se tem muitas curvas. E, se possível, passe de carro ou a pé no local para saber por onde vai correr durante a prova.

Henrique Souza
Treinus

Posts relacionados