Alimentação

Aprenda a reduzir o consumo de açúcar na sua alimentação!

single image

É bem provável que em algum momento da sua vida você pensou em diversas maneiras de como reduzir o consumo de açúcar, estou certo? Esse pequeno grão branco que parece ser fácil de se livrar, mostra diversos obstáculos para sair da alimentação. Até porque, a sensação de faltar algo ou a abstinência são comuns quando o açúcar não está tão presente nas alimentações.

Isso acontece porque ele é um dos responsáveis por liberar dopamina no corpo, hormônio que gera a sensação de prazer e melhora o humor. Ou seja, para muitos, é difícil estar feliz e com disposição sem o açúcar no dia a dia.

Se você quer aprender a como reduzir o consumo de açúcar, mas está passando por dificuldades para adaptar a sua rotina, confira as dicas abaixo para que ele consiga ser controlado nas alimentações, além de entender como perder a dependência dessa substância para adoçar os momentos da sua vida.

Como reduzir o consumo de açúcar?

Pode parecer impossível, mas com adaptação, quase tudo pode ser feito. Desse modo, é possível pensar em saídas simples que irão ajudar a reduzir o consumo de açúcar. Antes de começar com as dicas, saiba que o processo precisa ser gradual, ou seja, um passo de cada vez. Não saia cortando a substância de todas as refeições, pois assim você pode não conseguir manter progresso, então comece devagar e depois tome iniciativas mais agressivas!

Infográfico sobre como reduzir o consumo de açúcar

1. Perceba a sua alimentação

Não existe dica milagrosa, então tenha em mente que para começar a reduzir o açúcar, você precisa perceber a sua alimentação. Seja no café, no chá ou em receitas, é necessário saber a quantidade dessa substância em cada refeição.  Esse passo é essencial para descobrir se você está exagerando ou não.

Levar isso em conta ajuda a entender a alimentação, se você está consumindo açúcar em excesso ou se o seu paladar já está acostumado com bebidas e comidas adocicadas. Sendo assim, pegue caneta e papel e faça um diagnóstico de consumo do açúcar, assim você consegue ir para o próximo passo!

2. Defina o que pode ser cortado

Agora que você já sabe onde está o excesso de açúcar ou quais são os alimentos doces do seu cardápio, você deve pensar no que pode ser cortado ou reduzido para otimizar os resultados. Se você coloca açúcar no café, por que não reduzir a substância pela metade? Arrisque novas possibilidades, pois assim já será possível se livrar do açúcar!

E o mesmo vale para bolos e massas doces que precisam de muito açúcar. Se está fazendo um bolo de fruta, tente utilizar a mesma na massa e tire o açúcar, desde que o seu paladar não sofra uma alteração agressiva. 

O importante é lembrar que essa substância pode gerar vício, então é possível reduzir para ter qualidade de vida e evitar problemas futuros, mas, para isso, o processo não deve afetar o humor, psicológico e demais áreas da sua vida! Estamos tratando também do prazer ao comer, então você deve fazer as refeições e ficar satisfeito, além de gostar do que está comendo.

3. Evite alimentos adoçados artificialmente

É comum focar apenas nas bebidas e alimentos que podemos adoçar, porém, é muito importante ficar atento às opções industrializadas que estão na sua mesa. Sucos de caixinha, refrigerantes, geleias e demais doces que podem estar no seu cardápio, eles não podem estar em excesso. Ou seja, sempre escolha opções integrais, naturais e que tenham sabor para você, pois assim você melhora ainda mais a qualidade de vida, além de garantir nutrientes extras por realizar a substituição!

Vale lembrar que você não precisa cortar o açúcar ou adoçantes todos os dias da semana. Você pode desfrutar de refeições que contêm a substância aos fins de semana, em uma confraternização ou com os amigos. Como dito anteriormente, a satisfação deve estar aliada à saciedade, então não se prive dos prazeres que tem na alimentação!

4. Faça substituições

Essa dica é essencial para grande parte das pessoas, até porque a chave para o sucesso está nas substituições. Existem adoçantes ou outros tipos de açúcares que ajudam a reduzir o consumo dessa substância, então veja qual opção cabe no seu bolso!

Seja stevia, mel, aspartame e até mascavo, são muitas opções que podem te ajudar no caminho de como reduzir o consumo de açúcar. Saiba que eles são ótimas escolhas para ajudar a diminuir a ingestão do mesmo, mas também não devem ser usados em excesso. Equilíbrio é tudo!

5. Repita o processo

Por fim, se seguir as dicas acima, você estará em um processo cíclico que pode ser otimizado cada vez mais! Se você passar pelo primeiro processo, é possível ir muito além, como cortar de vez o açúcar em algumas refeições, como o caso do café e chás.

Ou seja, a fase inicial é a mais difícil, então, depois que conseguir adaptar o paladar e a alimentação, é possível alcançar limites que anteriormente não eram possíveis para você. Saiba que é possível ter uma alimentação prazerosa e saborosa sem açúcar, então reduza aos poucos para ver os resultados!

Por que eu devo reduzir o consumo de açúcar?

Você deve estar se perguntando os motivos para reduzir o açúcar na rotina, até porque muitos não percebem os efeitos que o excesso dessa substância pode trazer para o corpo. Desde doenças cardíacas até diabetes tipo 2, o açúcar pode ser nocivo em algumas dietas, ainda mais em alimentações em que a base são comidas industrializadas.

Ou seja, você pode comer frutas, tomar suco e usar adoçantes em alguns alimentos, desde que tenha controle ao utilizar o açúcar. Muitas pessoas acham que conseguem mediar o uso, porém, ao realizar exames de rotina percebem que estão com problemas por causa dele, então tenha consciência ao utilizá-lo.

Outro fator é que o açúcar em excesso pode causar obesidade e até afetar o paladar, então regular o uso garante bem-estar, além de aproveitar as refeições sem precisar que esteja muito doce, como o caso de sucos, bolos e derivados. Sendo assim, tente reduzir pelo menos por 1 semana para ver os efeitos positivos na sua rotina!

Açúcar nunca mais?

Não se apegue a ideia de que o açúcar não será mais bem-vindo na sua alimentação. Pelo contrário, ele será regulado para que você não tenha problemas futuros e consiga aproveitar cada refeição sem excesso de calorias. Então, tenha o devido acompanhamento de um nutricionista para obter resultados eficazes e uma alimentação balanceada!

Referência

Descubra o que acontece se você reduzir o consumo de açúcar

Posts relacionados

Carregue Mais