Qualidade de vida

É possível combater a osteoporose?

single image

Como combater a osteoporose? Essa é uma pergunta que marca a fase adulta, pois por certas complicações nos ossos, o corpo começa a apresentar algumas falhas e é muito importante prestar atenção nos sinais para evitar acidentes ou quadros mais graves na saúde.

Para ter qualidade de vida, além de investir em hobbies e no lazer, é importante fazer exames regulares e ter uma alimentação saudável. Ou seja, é importante investir em si e em práticas para fortalecer os ossos para evitar possíveis fraturas. 

Por acaso você sabe como combater a osteoporose? Então, segue o fio!

O que é osteoporose?

A osteoporose é uma doença popular na fase adulta, mais especificamente nos idosos, contudo, ela não é restrita para essa faixa de idade. Ela é conhecida por deixar os ossos enfraquecidos, ocasionada por uma série de fatores. As mais comuns são:

  • Falta de exposição ao sol.
  • Sedentarismo.
  • Má alimentação.

De acordo com o Ministério da Saúde, a osteoporose é uma doença que se caracteriza pela perda progressiva de massa óssea, tornando os ossos enfraquecidos e predispostos a fraturas.No Brasil, o número de afetados pela doença é grande, chegando a cerca de 10 milhões de pessoas.

A osteoporose não acontece do dia para a noite, então pequenos incômodos podem ser indícios da doença. Nos quadros iniciais o problema é conhecido como osteopenia e quando agravado vira osteoporose.

Ou seja, hábitos não saudáveis na rotina podem ocasionar o enfraquecimento dos ossos, então não pense que ignorar vícios ou quebrar regras, como a ingestão frequente de alimentos processados, irão evitar a doença. É importante ter consciência sobre o assunto para manter a saúde e o bem-estar.

Sintomas da osteoporose

A doença é considerada silenciosa, logo, as pessoas descobrem o problema quando ocorre uma fratura ou acidente grave. Para identificar sintomas e até evitar dificuldades no futuro, é importante o diagnóstico precoce. O exame responsável é a densitometria óssea!

Porém, alguns sintomas são indicadores de possivelmente estar desenvolvendo osteoporose, então fique atento nos seguintes casos:

  • Sensibilidade ou dor nos ossos.
  • Postura de ‘corcunda’.
  • Fraturas em quedas, tombos ou impactos pequenos.

Existem outros sintomas, mas grande parte está relacionado com sensibilidade ou dor nos ossos, ou seja, por menos que seja, é importante investigar a origem do problema. Por isso, o diagnóstico precoce é tão importante!

Como combater a osteoporose?

Como dito logo acima, a melhor forma de combater a osteoporose é o exame conhecido como densitometria óssea. Ele será responsável por medir a quantidade de cálcio nos ossos, além de indicar o grau da doença, caso a pessoa apresente o problema.

Existem outras prevenções muito importantes e que são meios de combater a osteoporose. É possível ingressar com a atividade física na rotina, pois ela é responsável pelo fortalecimento das regiões afetadas. Ou seja, praticar corrida, caminhada e até hidroginástica são opções viáveis para quem apresenta a doença.

Além de combater o sedentarismo, você ganha qualidade de vida por meios naturais e que estimulam, inclusive, a produção de neurotransmissores que ajudam a ter disposição e felicidade no dia a dia. É possível também:

  • Reduzir ou não usar medicamentos com corticoides.
  • Evitar tabagismo. 
  • Realizar reposição hormonal (quando necessário).
  • Ter uma dieta equilibrada com nutrientes e minerais essenciais.

Prevenção nunca é demais!

O osso é uma estrutura viva, logo, o cuidado é necessário para manter a saúde em dia. É importante pesquisar, se autoconhecer e realizar exames periódicos, assim, você evita problemas futuros e garante cada vez mais bem-estar.

Abaixo, você confere dicas do Ministério da Saúde para prevenir a osteoporose:

Infográfico sobre como combater a osteoporose

Espero que tenha gostado do conteúdo!

Referências

Atividades físicas de alto impacto são aliadas no combate à osteoporose

Osteoporose

Deixar um comentário

Fique tranquilo que não publicamos o seu endereço de email.

Posts relacionados