Alimentação

Chocolate amargo na dieta dos corredores

single image

Chocolate contém antioxidantes poderosos chamados flavonoides, que ajudam a manter o coração saudável. Estudos sugerem que os flavonoides diminuem inflamações e ajudam a prevenir que substâncias do sangue se tornem aderentes, diminuindo assim o risco de coágulos. E ainda: o consumo regular da delícia poderia baixar a pressão arterial, o colesterol total e o LDL (que bloqueia as artérias). Mas não vale qualquer tipo de chocolate.

O meio amargo (quanto mais escuro, melhor) geralmente contém mais flavonóis que o ao leite. Além disso, o modo como os grãos de cacau são processados pode influenciar a potência dos flavonoides. O fabricante de chocolate Mars realizou um estudo que mostra que um pedacinho de cerca de 30 g (equivalente a 200 calorias) de chocolate meio amargo por dia é suficiente para oferecer benefícios para a saúde do coração.

Na dieta: Além da maneira óbvia — consumindo-o puro —, você pode acrescentar chocolate meio amargo a um mix de frutas secas e nozes ou combiná-lo com frutas para aumentar ainda mais o poder antioxidante. Mas fique de olho nas calorias. Compre chocolate embrulhado em pequenos pedaços para ajudá-lo a controlar as porções.

Posts relacionados