Práticas esportivas

Conheça a história de dedicação do atleta Cesar Estanislau

single image

No esporte a palavra chave é: movimento, já na vida de Cesar Estanislau o que o move é a dedicação. E foi essa mesma garra que fez com que o biólogo, professor universitário e também pesquisador, chegasse aos 55 anos transformando em sucesso o seu maior hobbie: superar metas e realizar sonhos.

Cesar é um amante nato da corrida, ciclismo e mergulho, mas existe uma paixão que tem um lugar ainda mais especial em sua vida: usar de tudo isso para vencer e ultrapassar seus próprios desafios. Não à toa sua relação com a atividade física quase se confunde com sua vida, desde cedo adepto de uma rotina ativa, o atleta conta sobre o momento em que seu caminho se encontrou definitivamente com o esporte: “Eu sempre tive objetivos de vida, (…) e a motivação (para o esporte) veio muito em cima disso, de tentar cumprir e desafiar o meu próprio instinto. Minha própria vontade de fazer as coisas acontecerem”, conta.  

O encontro com a ultramaratona e a assessoria esportiva

Uma vida marcada por superações só poderia ir de encontro às competições e foi nesse caminho que a ultramaratona apareceu. Após subir de nível e grau de dificuldade em diversas corridas, a vontade de mirar ainda mais alto veio quase que naturalmente, mas contou com um apelo muito especial: “A cada momento que eu faço um grande desafio, eu sempre coloco esse desafio para uma pessoa, na ultramaratona foi para o meu pai, porque eu fiz a minha com 53 anos e o meu pai faleceu com 53 anos.”, revela.  

Toda essa força de vontade para chegar onde está, não só como atleta, mas em todas as áreas da sua vida, encontraram reforço na Assessoria Esportiva: “Desde quando comecei a fazer atividade física agora nesses últimos 5, 6 anos eu entendia que eu tinha que ter uma estrutura profissional por trás”, indica. E foi com essa rede de apoio formada por nutricionista, treinadores e personal que Cesar fez de cada degrau a sua subida ao topo das realizações, todas alcançadas à luz de muito foco e força de vontade.  

O incentivo, além da Assessoria Esportiva, veio da família e principalmente da filha que também compartilha das mesmas paixões sobre corrida e ciclismo. Já sobre as inspirações que o trouxeram até aqui, Cesar assume que o que o inspira são os desafios e a vontade de realizá-los: “Nunca pensei em me inspirar em alguém, sempre pensei em me inspirar em momentos.”, assume.

Cada conquista, um novo começo

Apesar da rotina complexa e da orquestra diária para conciliar trabalho e esporte, Cesar vem conquistando tudo a que se propôs. Como um bom adepto de metas, a cada conquista vem também um novo objetivo. O próximo, como ele mesmo conta, é marcar seus 60 anos participando do Iron Man, o maior evento de Triathlon da América Latina.

A ocasião simbólica tem um significado ainda maior, pois traz consigo a sensação de estar mais perto da performance que sempre sonhou: “O meu objetivo além da ultramaratona (…) é a vontade de chegar lá, de cumprir mais uma meta, de mostrar que o Cesar é capaz, que ele é muito capaz (…) Depois de 60 eu ainda não sei.”, conta.

Mais que inspiração, transpiração

Para Cesar a motivação vem do suor, do brilho nos olhos, da garra e é a ela que ele recorre para driblar o psicológico mesmo quando a indisposição tenta falar mais alto. Dessa mesma gana também vem a sua dica para os dias de desânimo e para os atletas que pretendem trilhar o caminho como o dele: “A dica é: se supere, tenha um sonho, pense lá na frente, busque conhecer aquilo que você quer”, incentiva. Quanto ao jargão “saia da sua zona de conforto” o atleta é taxativo e reforça que mais importante do que não se acomodar é encontrar o que te deixa confortável no esporte e, assim, fazê-lo com prazer.

Outro ponto ressaltado é sobre a importância de começar agora, com o que você pode, usando as ferramentas que você tem e valorizar cada fase da sua trajetória, no esporte não há passos pequenos. Além disso, é essencial se atentar ao autoconhecimento, tanto mental quanto físico e ao apoio incondicional de um profissional especializado, bem como uma rede de incentivo: “Tenha pessoas do seu lado que queiram contribuir com você, que queiram estar com você e junto fazer essa caminhada. É uma caminhada, é uma coisa completa, é difícil, mas é prazeroso”, finaliza.  

Ouça a entrevista completa com o Cesar

Sobre o atleta:

Atleta CesarCesar Estanislau é biólogo por amor a profissão, professor Universitário pela paixão em ensinar e Gestor de projetos pelo desafio. Mergulhador por vontade de conhecer o novo, Ultramaratonista por decisão e superação de meta, Triatleta por vontade e Ciclista Speed e MTB pela velocidade e natureza. 

Siga o Cesar no Instagram!

Deixar um comentário

Fique tranquilo que não publicamos o seu endereço de email.

Posts relacionados