Transpire | Blog Treinus

Dicas sobre treinamento esportivo, saúde, qualidade de vida e muito mais

Category: Alimentação

4 dicas importantes para montar um cardápio para atletas

A alimentação é o combustível para nossa vida. O modo como montamos cardápio para atletas ou pessoas normais, é o que definirá como nosso corpo ira funcionar durante as atividades do nosso dia-a-dia.

No nosso caso, sabemos que os atletas precisam estar ainda mais focados na alimentação, não é mesmo?!

Atletas utilizam o corpo como objeto que realiza as atividades, devem ter atenção redobrada, já que na maioria das vezes precisam de mais energia do que quem não pratica atividade física.

Nesse artigo separamos tudo que você precisa alimentação balanceada para atletas.

cardápio para atletas

Mitos da ausência de carbo-hidratos.

É muito comum montarmos cardápio para atletas que apresentam um grande aporte e ingestão de proteínas.

Isso nem sempre é correto, já que mais da metade da energia deve vir de alimentos que sejam ricos em carboidratos.

Ou seja: são os alimentos tipo arroz, pão, massas, cereais, batatas e frutas que posteriormente se transformarão em glucose, e logo depois, em energia.

Necessidades nutritivas do cardápio para atletas

 

  • Alimentação antes da atividade física
    Necessária para garantir os aportes energéticos necessários.
  • Alimentação durante a atividade física
    Nem sempre é necessária, porém alguns tipos de esportes de longa duração necessitam.
  • Alimentação depois da atividade física.
    Será ela que dá os aportes para a recuperação energética após a prática.

O peso ideal de um atleta

Para os atletas é fundamental controlar o peso.

É importante lembrar que é impossível definir um peso ideal, visto que cada tipo de esporte vai necessitar um tipo de corpo. Para isso, é importante contar com o acompanhamento de profissionais.

Os atletas que contam com acompanhamento profissional certamente conseguiram mantes o peso ideal a partir de um cardápio para atletas balanceado.

As necessidades de cada tipo de pessoas são diferentes. A nutrição do cardápio para atletas deve ser pensada levando em conta a idade, altura o peso e o tipo de esporte que cada um pratica.

De modo geral é necessário que haja a reposição do número de calorias que o atleta gasta diariamente.

Montando cardápio para atletas: que alimentos consumir?

Verduras

Elas contem uma grande quantidade de vitaminas, minerais fibras e água.

A maioria das verduras são alimentos de baixa caloria, ou seja, oferecem saciedade com poucas calorias, por isso elas ajudam de maneira eficiente a perder peso e desintoxicar nossos organismos.

Frutas

Assim como as verduras, as frutas são alimentos pouco calóricos e com muitas vitaminas e minerais antioxidantes que ajudam a mante o organismo em ordem.

Cereais Integrais

Essas podem ser as principais fontes de energia da alimentação de um atleta.

As fibras em grande quantidade que optam são nutrientes que ajudarão a desintoxicar e regular o organismo, que auxiliam para manter e consegui tonos e forma muscular.

Nesse grupo estão incluídos os pães integrais e o arroz integral.

Carnes

Para uma boa nutrição esportiva as carnes mais indicadas são as que contem um teor de gordura baixo como carnes brancas como o frango e o peixe.

Elas são consideradas as melhores porque o tipo de proteínas que nos oferecem é de alto valor biológico, que nos ajudam na recuperação de massa muscular.

Os peixes brancos, são os tipos de peixe ideal, pois possuem a mesma fonte de proteínas. O peixe é ainda mais indicado pois é uma carne com de digesta mais fácil.

Produtos lácteos desnatados

Tanto o leite como os iogurtes desnatados estão nesse grupo de alimentar.

Os queijos brancos de baixa gordura também. Para os intolerantes a lactose uma opção pode ser os derivados da soja.

Os alimentos desse grupo são fonte tanto de proteína de alto valor biológico como de vitamina D e cálcio. Eles são essenciais para um bom funcionamento muscular e ósseo.

Além disso, são alimentos fundamentais para a perda de peso, já que o cálcio é um grande ajudante na diminuição de acumulo de gorduras.

Viu só?! A alimentação balanceada é essencial para seus resultados como atleta.

É importante sempre estar em dia e acompanhado por um profissional que olhe diretamente para o seu caso e seus objetivos.

Acha que esse texto vai ser útil para seus amigos atletas?! Compartilhe nas suas redes sociais e ajude mais atletas a adequarem sua alimentação!

5 dicas essenciais para a nutrição esportiva do seu grupo

Você sabia que a nutrição esportiva adequada é fundamental para manter um bom rendimento no esporte? Mais que isso, você já pensou em como isso pode influenciar no seu grupo ?

Você já deve saber que para quem pratica esportes a  energia é o principal combustível.

Alimentos que podem ser usados nutrição esportiva sendo essenciais do grupo de corrida.

Se nos carros, por exemplo, a energia é extraída do combustível, para nós seres humanos a principal fonte e a alimentação.  Por isso quem deseja aumentar a energia, ganhar força e alcançar melhores resultados é preciso estar atento a nutrição esportiva.

Pensando nisso separamos algumas 5 dicas essenciais para melhorar a nutrição esportiva do seu grupo.

 

Na nutrição esportiva priorize os alimentos frescos e saudáveis.

Informar ao seu grupo que não é necessário comer muito, mas sim comer com qualidade e de forma adequada é o primeiro passo.

Por isso o conselho é simples: diminuir e limitar a ingestão de produtos industrializados (como salgadinhos, e outros alimentos industriais). Esse tipo de alimento contem calorias que não nutrem nossas células.

Esses alimentos podem até gerar a falsa sensação de saciedade, mas, ao longo do tempo não auxiliam em nada. Somente alimentos frescos vão ajudar a manter os índices do seu grupo.

Além auxiliar na recuperação de lesões, melhorando o cansaço físico e garantindo melhores resultados.

Pense na variedade

Seu grupo deve estar informado e familiarizado com a alimentação nutricional equilibrada.

Inclua alimentos de cada grupo da sua dieta, mas faça isso de forma variada. Se depois disso você identificar carências uma saída pode ser recorrer a complementos vitamínicos.

Uma nutrição baseada na pirâmide inclui 6 grupos de alimentos: carboidratos, gorduras, proteínas, vitaminas, minerais e água.

Um bom balanço entre eles será ideal para a melhora na nutrição esportiva de seu grupo.

Pense o cardápio, mas também os horários das refeições.

Além de pensar o que comer é importante saber quando comer. Por isso, o ideal é que as refeições sejam feitas sempre no mesmo horário.

Além disso, uma boa nutrição esportiva, pede que o atleta não fique mais de 5 horas sem comer ou beber nada. Isso pode debilitar seu rendimento.

Outra questão importante é coordenar bem os horários das refeições com os do treino. Afinal é necessário termos energia suficiente para todo o dia, sem acabar passando mal por treinar com estomago muito cheio.

Pense no sabor das coisas.

Uma comida saudável terá um ótimo sabor sem precisar de temperos em excesso.

Molhos, pimentas e sal em grande quantidade geralmente contêm altos índices de condimentos que podem prejudicar a saúde aumentando taxas como o colesterol.

Limitar o açúcar também é importante. Dê preferencia ao sabor original das coisas e você certamente encontrará prazer, mesmo sem excesso de temperos.

Suplementos esportivos podem melhorar os resultados.

Os suplementos podem ser necessários em casos que a alimentação não consiga suprir as  necessidades sozinha.

Como cada um tem uma genética diferente e por isso nossos organismos se desenvolvem de forma diferente também, se alguém do grupo precisar, a suplementação pode ser uma saída.

É importante fazer a suplementação de forma adequada para garantir aquela ajudinha no alcance das metas de maneira mais rápida e eficaz. Mas o tipo de suplementação deve ser muito bem pensado para acabar não prejudicando a nutrição do esportista a longo prazo.


A alimentação deve ser pensada de forma individual e de acordo com as necessidades e objetivo de cada pessoa, ter em conta que a variedade, o horário de ingestão do alimento e a qualidade do que ingerimos pode ajudar muito a melhorar a nutrição do seu grupo de corrida.


Se interessou pelo tema? Confira também nosso artigo com 10 dicas para uma alimentação saudável.  

2 maravilhosas dietas para emagrecer rápido e perder barriga

Quase todo mundo que pensa em emagrecer tem como maior dificuldade perder a barriga. De fato a região abdominal (ou seja: barriga) é a parte do corpo que é mais complicada de perder peso. É ai que entra a sua disciplina para seguir dietas para emagrecer rápido e perder barriga.

 dietas para emagrecer rápido e perder barriga

 

Por isso, para quem quer perder barriga é importante pensar em dietas especificas. Outra questão para quem tem isso como objetivo é o tempo, pois nem sempre perder a barriga é objetivo que se alcança rápido.

A saída para quem quer emagrecer rápido e perder a barriga é ir direto ao problema de maneira localizada.

Evite dietas generalizadas que não irão se centrar na região do corpo que você deseja. É importante lembrar que para uma maior eficácia a dieta deve ser especialmente pensada para você e seu objetivo de solucionar problemas de gordura acumulada na região do abdômen.

Mas não precisa se desesperar! Nesse artigo separamos 2 opções de dietas para emagrecer rápido e perder barriga

Alimentos permitidos.

Para começar uma dieta com o objetivo de perder a barriga rápido o mais básico e saber qual são os alimentos permitidos. Esses alimentos são aqueles que você poderá ingerir sem peso na consciência e sem medo de acabar ganhando mais peso e acumulando gordura no abdômen. São eles:

  • Verduras: Acelga, espinafre, alface.
  • Frutas: maça, laranja e banana.
  • Legumes: feijão e lentilhas.
  • Ovos.
  • Sementes.
  • Produtos lácteos desnatados são permitidos, mas em quantidades reduzidas.

Alimentos Proibidos.

Alguns alimentos são os maiores vilões quando você esta praticando dietas para emagrecer rápido e perder barriga. Esses são os alimentos que você deve passar longe:

  • Carnes com alto teor de gorduras
  • Alimentos industrializados (pré-cozidos, enlatados, etc)
  • Doces
  • Chocolates
    Molhos prontos e produtos ricos em gorduras.

Dieta 1: Para perder barriga em uma semana.

Essa dieta é hipocalórica e com baixo índice de gorduras. Ela irá te ajudar a reduzir o abdômen em uma semana.

É importante saber que como essa é uma dieta com baixa ingestão de calorias você não deve realizá-la por mais de 7 dias. Além disso, é fundamental beber bastante água (recomenda-se 2 litros por dia).

Nunca é demais lembrar: qualquer alteração na rotina deve ser feita com o acompanhamento de profissionais.

Café da manhã.

  • Suco de laranja (feito com duas laranjas, você pode adicionar água se quiser).  
  • 1 xícara de chá preto ou café sem açúcar.
  • Uma colher de mel de abelha (você pode utilizar para adoçar o suco, ou o café).
  • 3 amêndoas.

Almoço

  • Sopa de verdura.
  • 100 gramas de carne (pode escolher de boi, frango ou peixe).
  • Verduras cozidas no vapor.

Obs: fique de olho no tempero, o sal ajuda a reter líquidos e pode ser seu inimigo numa dieta  para emagrecer rápido e perder barriga.

Jantar

  • Suco de abacaxi.
  • Salada verde.
  • Gelatina dietética.
  • 3 amêndoas.

Repita essa dieta por 7 dias. Você pode variar os legumes e as verduras de acordo com a sua preferências. Lembre-se de consultar a lista de alimentos permitidos.

Dieta 2: Para diminuir gordura na região abdominal.

Café da manhã:

  • Uma fatia de pão integral.
  • Um ovo cozido.
  • Uma banana.
  • Um copo de leite desnatado (você pode fazer uma vitamina de banana, caso prefira).

Obs: no meio da manhã você pode comer uma maçã.

Almoço:

  • Salada verde feita com ingredientes naturais e verduras ricas em água (como chuchu ou abobrinha, por exemplo).
  • Um pedaço pequeno de carne (prefira as brancas) e uma fruta como sobremesa.

Obs: no meio da tarde você poderá comer 5 morangos.

Jantar:

Sopa feita sem gordura e um file de frango sem pele.

Vale lembrar que as duas dietas para perder barriga devem ser realizadas em no máximo uma semana. Quando a fome bater forte você poderá ingerir uma fruta.

_

Já está quase chegando o verão e muita gente está correndo contra o tempo pra perder a barriga indesejada, uma boa além de fazer dietas é procurar um grupo de corrida para potencializar esse feito. Então clique no banner abaixo que nós te ajudamos a encontrar uma assessoria perto de você!

 

CTA no artido de dietas para emagrecer rápido e perder barriga, levando a buscar uma assessoria.

4 Receitas incríveis de suco verde para emagrecer

Se você deseja perder peso mais rápido sem sentir tanta fome, a ingestão de suco verde para emagrecer pode ser uma boa saída. A ingestão de sucos verdes ajuda a emagrecer quando você mais precisa.

Como funciona o suco verde para emagrecer?

Tomar suco verde facilita sua digestão logo também a perda de peso. Isso acontece porque ele ajuda a eliminar o excesso de água do corpo.

O suco verde ajuda a emagrecer porque os vegetais diuréticos ajudam a eliminar a retenção de líquidos.

A preparação desses sucos é tão simples e os resultados tão positivos que não há motivo para que você não comece a fazer um agora.

É sempre bom lembrar que qualquer tipo de dieta ou novo hábito alimentar deve ser iniciado com a aprovação prévia dos seus profissionais de confiança.

O suco verde pode te ajudar a queimar as gorduras do corpo de forma natural.

As bebidas verdes são muito utilizadas para desintoxicar o organismo e queimar gordura. Isso acontece por seu alto conteúdo de vitaminas e sais minerais que além de ajudar a emagrecer ajudam a tornar os treinos ainda mais efetivos.

Vantagens do suco verde para emagrecer: pode ser consumido em temperatura ambiente.

São ótimos aliados para quem precisa usar as frutas e verduras da estação e conhecer novos sabores.

Quase sempre oferecem uma excelente dose de vitaminas, sais minerais, fibras e antioxidantes.

A grande vantagem de ingerir suco verde para emagrecer é que como todos os ingredientes estão batidos podemos fazer preparações com todos os tipos de frutas e verduras e extrair delas todas as propriedades.

Tomando suco verde você não somente ira conseguir perder peso, mas também estará ajudando a melhorar seu metabolismo, digestão e inclusive a sua pele.

Separamos 4 receitas de suco verde para você que quer emagrecer. Confira!

Dicas de receitas de suco verde para emagrecer

Emagreça com sucos saborosos!

SUCO VERDE COM SALSINHA

Ingredientes:

  • 1 porção de salsinha;
  • 1 limão;
  • 1 xicara de agua.

Preparação: pique a salsinha, esprema um suco de limão, adicione a agua e bata tudo em um liquidificador.

A indicação é de beber esse suco de manhã. O ideal não é passar mais de 5 dias seguidos tomando essa preparação.

Caso queira voltar a toma-la faça um intervalo de mais 5 dias. Esse suco contém vitaminas e minerais e seu poder diurético vai te ajudar a emagrecer.

SUCO VERDE ANTIOXIDANE

Ingredientes: Aipo (mais ou menos 5cm)

  • 1 pepino;
  • 1 limão;
  • 1 colher pequena de gengibre ralado;
  • 1 tigela de espinafre fresca;
  • 3 maçãs;
  • 1 colher pequena de salsinha fresca picada.

Modo de preparo: limpe todos os vegetais e coloque em um liquidificador com um copo de agua. Esprema o limão e é só bater.

Esse suco além das vitaminas e sais minerais é um ótimo oxigenador de sangue. Além disso ele regulará seu transito intestinal e te ajuda a emagrecer.

 

SUCO VERDE DE ABACAXI PEPINO E AIPO.

Ingredientes:

  • Abacaxi picado;
  • Meia xicara de pepino picado (com casca);
  • Um tacho de aipo;
  • Uma xicara de agua.

Modo de preparo: bata todos os ingredientes no liquidificador.

Esse suco além de impedir a constipação tem propriedades diuréticas. Por isso, tomar uma porção dele todas as manhas pode te ajudar a emagrecer.

 

BATIDA DE CHÁ VERDE COM FRUTAS.

Ingredientes:

  • Meio Melão;
  • Um Pêssego;
  • Uvas;
  • Uma xícara de chá verde sem açúcar;
  • Uma colher de mel de abelha;
  • Meia xicara de suco de limão;
  • Meio copo de agua.

Modo de preparo: as frutas devem estar congeladas. Depois disso é só misturar todos os ingredientes e bater no liquidificados.

Essa preparação além de ajuda a emagrecer é antioxidante, diurético e acelera o metabolismo.

Gostou desse texto? Tem alguma outra receita de suco verde para emagrecer? Compartilhe nas redes sociais e troque as dicas com seus amigos.

4 dicas de receitas veganas incríveis para sua saúde

Hoje em dia não é mais tão incomum encontrarmos pessoas que não comem carne, ou mesmo nenhum tipo de produto de origem animal. Então sabermos algumas dicas de receitas veganas ou vegetarianas faz bem, não faz?

É fato que o número de vegetarianos e veganos vêm aumentando significativamente nos últimos tempos, e inclusive é muito mais fácil de encontrar no mercado produtos para quem deseja levar uma vida mais saudável.

Pessoa vegana recebendo dicas de receitas veganas

As quatro dicas de receitas que você encontra nesse artigo são veganas, ou seja: nenhuma delas leva produtos de origem animal. Diferente das receitas vegetarianas, que mesmo evitando a carne consomem produtos como queijos e ovos.

Seja por questões ideológicas ou para ter uma vida mais leve, evitar a carne pode ser uma ótima saída para quem deseja levar uma vida mais saudável.

Engana-se quem pensar que o cardápio vegano é sempre super elaborado. Por isso, separamos nesse artigo três dicas de receitas veganas para você ser mais saudável.

CHIPS DE LEGUMES

Essa receita é uma substituição muito saudável para as batas chips industriais.

Além disso essa é uma das dicas de receitas veganas mais simples de se fazer, basta apenas um pouco de paciência para cortar as verduras bem fininhas estar atento enquanto o chips estão no forno.  

Ingredientes:

  • 2 batas medias
  • 1 bata doce
  • 1 beterraba crua
  • Noz moscada
  • Sal
  • Azeite de oliva
  • Papel laminado e uma bandeja
  • O ideal é ter um cortador em laminas, ou um descascador (se você fizer com a faca terá um pouco mais de trabalho e precisará ser ainda mais preciso).  

Modo de prepara:

1) Primeiro higienize bem todas as verduras;

2) Corte em fatias muito finas (tipo laminas);

3) Disponha cada fatia em uma bandeja (é importante que a bandeja seja grande para que as fatias não fiquem sobrepostas). 4) aqueça o forno a 200 graus;

5) Enquanto o forno vai aquecendo você deve temperar os chips com um pouquinho de azeite de oliva, sal e noz moscada;

6) Levar ao forno por 15 ou 20 minutos. Esse tempo pode varias de acordo com o forno, por isso é importante estar de olho para que os chips não queimem;

7) Finalmente é só tirar do forno e temperar mais ainda ao seu gosto.

Lasanha de Berinjela com Ricota de Tofu

Essa é uma ótima opção dentro das dicas de receitas veganas porque agrada a muitos paladares. O tempo de prepara é de certa de 45 minutos e é uma receita muito simples e saudável.

Ingredientes:

  • 12 peças de massa de lasanha integral.
  • 1 colher de azeite de oliva.
  • 1 beringela média( cortado em quadradinhos)
  •  1 xicara de ervilha cozida
  • 250 gramas de champignon
  • 500 gramas de espinafre lavada
  • 5 xicaras de molho marinara .
  • Para o queijo ricota de tofu:
  • 300 gramas de tofu
  • 250 gramas de extrato de alho
  • 1/4 de xicara de folha de manjericão
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de grado de alho

Modo de preparo:

1) Pré-aqueça o forno a 180 graus. Aqueça em uma panela a água e cozinhe a massa da lasanha até que fique ao dente (caso você escolha uma massa que não precisa cozinhar pule essa etapa);

2) Em um frigideira aqueça o azeite e adicione a berinjela com os champignons e tempere com sal e pimenta agosto. Depois adicione a espinafre e a ervilha e frite por 5 minutos;

3) Ponha o tofu em uma tigela e desmonte-o com um garfo, adicione o estrato de alho, o manjericão o sal e o alho em pó. Misture até que a massa esteja integra e parecendo um queijo ricota;

4) Em uma assadeira coloque um pouco do molho marinara, uma camada da massa de lasanha, um pouco da mistura de ricota  e um pouco da mistura de verduras. Repita isso até terminar todos os ingredientes;

5) Cubra com papel alumínio com papel alumínio e leve ao forno por 30 minutos.

Salada de Pera Quente

Ingredientes:

  • 4 pêras pequenas
  • 1 pepino
  • 2 colheres de molho de soja
  • 2 colheres de mel
  • 1 limao
  • 1/2 xicara de gengibre ralado
  • 1colher de azeite de oliva virgem

Modo de preparo:

1) Descasque as peras e corte na metade (é importante retirar a parte das sementes);

2) Coloque o azeite em uma frigideira, quando estiver bem quente ponha as peras com o corte para baixo e cozinhe ate que fiquem douradas;

3) Misture o mel e o molho de soja com o gengibre ralado e adicione essa mistura na frigideira. quando estiver fervendo você deve misturar bem a pêra para que se junte com essa mistura;

4) Corte o pepino em rodelas e misture na mesma tigela que você ira servir;

5) Coloque a mistura que esta na frigideira junto com o pepino e sem lavar a frigideira esprema o limão. Esse caldo você pode utilizar como molho para sua salada;

Essa receita além de muito fácil é uma ótima saída para utilizar frutas como alimento principal de uma maneira diferente.


Como você  pode ver comer bem, através de dicas de receitas veganas, e de maneira saudável pode ser muito mais simples que parece.

Além disso, a substituição de alimentos de origem animal podem ser uma ótima saída. Porém é muito importante lembrar que não é aconselhável inicial qualquer tipo de rotina alimentar sem antes consultar a profissionais da área.

Gostou desse texto sobre dicas de receitas veganas?! Então você pode se interessar também pelo artigo 5 fatos ou mitos sobre alimentação que já publicamos aqui.

10 dicas indispensáveis sobre alimentação saudável

Nossas vidas seguem um ritmo frenético atualmente e esse é um dos (vários) motivos que vem levando a sociedade a repensar seu hábitos, principalmente os alimentares, deixando a pergunta: Será que temos uma alimentação saudável?

Consumo, gastos, viagens e claro: a alimentação. Nesse texto vamos trazer x dicas para uma alimentação saudável.

Para perder peso ou mantê-lo. Ou mesmo para viver uma vida equilibrada apostar em uma dieta saudável e equilibrada é um escolha que pode mudar a vida de qualquer um de nós.

alimentação saudável

Tenha uma alimentação saudável!

Alimentação equilibrada

Um alimentação saudável deve ser antes de mais nada uma alimentação equilibrada.

A dieta deve estar comporta de nutrientes necessários para viver uma vida saudável, para isso, deve existir o equilíbrio tanto dos micronutrientes, como dos micronutrientes.

O ideal é ingerir alimentos mais energéticos (como os carboidratos) no período diurno, e os alimentos mais estruturados (como as proteínas e gorduras saudáveis) no período noturno.  

Planejamento da dieta

Quem deseja uma alimentação saudável deve seguir uma dieta planejada.

O ideal, nesse caso, é procurar um especialista que desenvolva um plano alimentar para seus objetivos e necessidades. Evitar o improviso e a substituição desses alimentos é um passo fundamental na hora de seguir uma dieta.

Uma dieta planejada e variada irá ajudar a alcançar uma dieta saudável , ter foco para mantê-la também é fundamental. Esse é um grande passo para uma alimentação saudável.

Realizar um numero correto de refeições.

Comer 5 vezes ao dia pode ser uma boa saída.

Faça três refeições principais e 2 complementares (que podem ser frutas, ou iogurtes, por exemplo). Além disso, quem deseja ter uma alimentação saudável deve pensar o intervalo entre as refeições.

Beber água faz parte da alimentação saudável

Ingerir entre 2 e 5 litros de agua por dia pode auxiliar muito na alimentação saudável. Afinal, nosso corpo e comporto em grande parte por esse elemento.

Por isso, a ingestão de água garante um melhor funcionamento do nosso organismo. Já escrevemos aqui sobre a importância dela.

Substituir os alimentos fritos por alimentos assados

Evitar os alimentos fritos, ou feitos com muita gordura, é uma dica simples que ajuda a manter a alimentação saudável.

Consumir mais fibras

Aumentar o consumo de fibras pode auxiliar a quem quer ter uma alimentação saudável. O consumo médio de alimentos com fibras deve ser entre 20 e 40 gramas por dia.

Um alimento rico em fibra é aquele que contenha cinco ou mais gramas dela na sua proporção. Se você deseja uma alimentação saudável pode comer entre quatro e cinto grutas ou verduras por dia.

Café da manha

Não se esqueça dessa refeição! Ingerir alimentos de manha é muito importante, pois eles te darão energia para realizar as atividades durante o dia.

Em uma alimentação saudável pode preparar um iogurte com pedaços de frutas secas e granolas, por exemplo.

Evite alguns alimentos

Os alimentos muito industrializados, por exemplo, ou os que contenham muita gordura devem ser evitados.

Uma alimentação saudável é aquela em que nossos níveis de colesterol (por exemplo) estão controlados.

Pense as mudanças de hábitos

Fazer mudanças no estilo de vida de forma gradual pode ser mais difícil que faze-las de forma repentina.

Por isso, seguir uma dieta balanceada, mas que também te traga prazer e satisfação na hora de comer é fundamental.

Pense sempre que um alimento que sai da sua refeição, por mais saboroso que ele seja, pode estar impedindo que você tenha uma alimentação saudável.

Equilíbrio é a chave da questão

Não podemos dizer que existem alimentos bons e ruins, mas sim planos alimentares bons ou ruins.

Não sinta culpa por querer consumir algum alimento que você goste, mas que tenha altos níveis de gordura, por exemplo.

Se permitir consumir alimentos como esse, mas com moderação é a chave para alcançar proporcionalmente o equilíbrio alimentar. Desta forma você estará se permitindo, mas, manterá sua alimentação saudável.

Não tenha dúvidas sobre os efeitos positivos de uma alimentação saudável. Conhece alguém que precisa dessas dicas? Compartilhe nas redes sociais e ajude seus amigos a comerem de forma mais saudável!