Práticas esportivas

Boa postura durante os exercícios evita lesões

Correr com uma boa postura durante os exercícios pode fazer com que corredores economizem energia através do desgaste desnecessário de alguns movimentos. Assim, o atleta direciona toda sua energia para melhorar seu ritmo e marcha. Ao correr, o pé dianteiro entra em contato com o solo com uma força maior que o peso corporal. Com uma biomecânica mais apurada e um bom calçado, esse impacto é absorvido adequadamente e há uma distribuição mais eficaz da força de reação ao longo dos músculos, tendões e ligamentos.

Com isso, é possível que os riscos de lesões diminuam. Portanto, é importante manter o tronco erguido e relaxado na hora da corrida, além da cabeça erguida com o olhar para uma distância de 20 a 30 metros à frente. Já com os ombros, o indicado é evitar balançá-los junto com os braços e rodá-los muito para frente.

É fundamental manter os cotovelos em torno de 90º e os antebraços paralelos ao chão. Os braços devem se movimentar sempre com a perna oposta, e o balanço deve ser um movimento pequeno, onde normalmente o cotovelo se desloca da linha do tronco para trás. As mãos, assim como as pernas, devem estar sempre relaxadas, e o polegar descansando sob o dedo indicador.

O tronco deve estar sempre ereto para uma melhor respiração, sendo que o corpo é inclinado para frente na corrida e não o tronco. Essa flexão de tronco é maléfica e pode gerar dores lombares.

O quadril também necessita estar alinhado para evitar oscilações laterais.

Por fim, os pés devem estar sempre apontando para frente, seguindo o joelho e quadril. Vale ressaltar que todo corredor tem seu estilo e não há regras de como fazer, mas com essa pequena orientação de como posicionar o corpo, é possível melhorar a biomecânica dos atletas.

Baseada na análise feita pelo: Dr  Gustavo Magliocca, médico do esporte no programa Bem Estar da Globo.

Posts relacionados