Qualidade de vida

É possível combater o estresse com atividade física?

single image

Já parou para pensar que atividade física e estresse estão juntos de alguma forma? Provavelmente você utiliza da sua prática esportiva para aliviar os sintomas dessa sensação, então é bem importante entender a relação entre ambos e como o seu corpo vai agir para combater esse problema tão comum na vida moderna!

O que é estresse?

Você já deve ter vivenciado aquela sensação de sobrecarga por um dia atarefado, até ficar extremamente cansado e com ansiedade pelo excesso de informação e serviços em uma semana. Esse conjunto de reações do corpo é um breve resumo de como o estresse está na sua rotina.

Isso é algo comum devido a necessidade de produção no trabalho e até pela importância pessoal de estar fazendo algo, contudo, estresse em excesso vira um grande problema em várias partes da vida e pode acarretar certos problemas.

Desse modo, é importante entender que o estresse é regular para todos, até porque ele sinaliza ao organismo que algo está acontecendo. Os estímulos dele fazem com que o corpo desencadeie reações e que ative a produção de hormônios, como a adrenalina e o cortisol. É por essa razão que você fica em estado de alerta ou parece que está agitado sem necessidade.

O que causa estresse? 

Como dito, rotinas modernas e atarefadas podem desencadear estresse, porém situações de emergência e até efeitos colaterais de doenças podem ocasionar essa resposta do corpo. E ele também está associado com responsabilidades pessoais e familiares, então quando não é possível ficar calmo e relaxado em alguns ambientes, o estresse pode aparecer.

Ou seja, existem causas emocionais e físicas que surgem por algum estímulo, seja por atividade ou por questões da vida pessoal. O importante é perceber os sintomas e efeitos no corpo para assim buscar auxílio e meios para combater esse problema, como a prática regular de atividade física!

Sintomas e efeitos do estresse

Como o corpo irá ter maior produção de alguns hormônios (adrenalina e cortisol), podem surgir sintomas físicos, mentais e emocionais como respostas. De imediato, os batimentos cardíacos e a respiração podem ficar acelerados, contudo, outras reações podem aparecer. Confira:

  • Dificuldade de concentração.
  • Ansiedade.
  • Temperamento explosivo.
  • Dor de cabeça.
  • Irritabilidade.
  • Problemas para dormir (insônia).
  • Facilidade em adoecer.
  • Dor nas costas.
  • Falta de libido.
  • Cólicas.
  • Agravar problemas de saúde que já existem.
  • E outros sintomas.

Todos os sintomas e efeitos citados podem ter origens por problemas pessoais, uso excessivo de álcool, acidentes, correrias do dia a dia, trânsito todos os dias, inseguranças, frustrações frequentes e assim por diante. 

Ou seja, é necessário controlar, na medida do possível, as emoções para não sobrecarregar o corpo e evitar problemas futuros. Pode ser complicado, mas caso o estresse esteja em excesso, é importante ter acompanhamento médico! 

Tipos de estresse

Existem 2 tipos de estresse que podem ser citados para explicar as causas, sensações e efeitos no corpo e no dia a dia. São eles o estresse agudo e o estresse crônico, ambos com certas características específicas e que você confere logo abaixo:

Estresse agudo

Esse tipo de estresse é a reação natural do corpo para uma nova realidade. Sabe a sensação de fazer uma entrevista ou começar em um novo emprego? Esses são eventos à parte e que não possuem efeitos a longo prazo, logo, o organismo é ensinado a lidar com situações semelhantes em uma próxima vez. É por isso que você não fica com picos de estresse todos os dias ao chegar no trabalho!

Estresse crônico

Esse segundo tipo de estresse ocorre quando as sensações são constantes, além do indivíduo achar que os sintomas são comuns da rotina. As causas podem surgir por experiências traumáticas ou por situações recorrentes que não é possível controlar as reações, logo, sintomas de irritabilidade, ansiedade e doenças são consequências.

Nesses casos, o diagnóstico e tratamento é totalmente necessário, então caso esteja passando por uma rotina constante de estresse e apresente os sintomas citados, busque imediatamente um atendimento profissional!

Relações entre atividade física e estresse

Agora que você já conhece a origem, sintomas e efeitos do estresse, qual é a relação dele com a atividade física?

Qualquer modalidade vai ajudar no bem-estar, pois o corpo ativo irá produzir alguns neurotransmissores. O mais conhecido é a endorfina, hormônio responsável pela disposição, felicidade e demais sensações positivas.

Ou seja, o estresse em excesso pode ser amenizado com a prática esportiva, pois as preocupações são deixadas de lado e você consegue lidar melhor com as adversidades, já que não está mais impulsivo ou com temperamentos explosivos. É por isso que atividade física é sinônimo de qualidade de vida!

Outro ponto importante é que o cortisol, hormônio produzido com cargas de estresse, pode ser usado na atividade física, pois ele ajuda a reduzir inflamações e estimular a imunidade, com isso, dependendo da carga de estresse, ele pode ser um aliado no esporte.

Isso vai acontecer pois a sensação de alerta e até a adrenalina podem ajudar na disposição do atleta, então terá o mínimo de incentivo e disposição, o que acaba por impulsionar de alguma maneira a performance.

Atividade física combate o estresse?

A atividade física será benéfica para o corpo e mente, então ela vai ajudar sim no combate ao estresse. A sensação de cansaço, irritabilidade e demais sintomas ocasionados por esse problema podem ser resolvidos com a prática regular de exercícios, então invista na saúde do seu corpo!

Ainda é possível melhorar outras áreas da sua vida, então além do combate ao estresse, você terá benefícios como:

  • Melhora da qualidade de vida.
  • Sono regulado.
  • Humor estabilizado.
  • Redução de problemas emocionais.
  • Combate de pensamentos negativos.
  • E muito mais!

Cuidado com o excesso!

Vale uma ressalva importante quando o assunto é atividade física e estresse: o excesso!

Alguns atletas irão utilizar a sobrecarga do dia para treinar, porém, muitos depositam energia demais e acabam por treinar em excesso para amenizar o estresse, desse modo, o que pode ocorrer é a síndrome do overtraining. Ela afeta o desempenho e pode levar ao burnout, o que impacta significativamente na rotina pessoal e de trabalho.

Ou seja, em doses regulares o estresse pode ajudar no desempenho e a atividade física pode combater as sensações que ele traz consigo, porém, o excesso pode prejudicar o corpo e gerar exaustão. Tenha muito cuidado!

Como tratar e prevenir o estresse?

O Brasil apresenta os maiores índices de estresse do mundo. Para acompanhar os números, uma pesquisa feita pela Associação Internacional de Gerenciamento de Estresse Brasil (Isma-BR) em 2017, mostrou que as taxas de pessoas que já vivenciaram ou possuem sintomas desse problema chega em até 70%.

Ou seja, é importante saber como prevenir e tratar o estresse. Isso é necessário pois recebemos muitos estímulos no decorrer do dia e facilmente isso pode ser convertido em um certo nível de estresse, o que causa angústia, frustração e até problemas emocionais.

No primeiro momento, você deve escutar o seu corpo e analisar se está passando por estresse. Está tudo certo ou é necessário relaxar da rotina e tarefas do dia? Algumas atividades físicas e ferramentas que podem te auxiliar são:

Todas irão ajudar a perceber o momento presente e como você está reagindo fisicamente, sentimentalmente e mentalmente para a vida, então tente aos poucos trabalhar essas pequenas percepções.

Depois, o que ajuda são práticas conscientes para não deixar que o estresse se acumule, então estabeleça limites, crie hobbies, descanse, alimente-se bem e faça um planejamento para ter hábitos saudáveis.

Assim, você consegue combater o estresse e ter uma rotina ativa e produtiva, porém com bastante qualidade de vida.

Espero que tenham gostado do conteúdo!

Referências!

Atividade física, uma aliada contra o estresse

Estresse

Deixar um comentário

Fique tranquilo que não publicamos o seu endereço de email.

Posts relacionados