Posted in:

10 dicas sobre Corrida de montanha/Trail Running

10 dicas sobre Corrida de montanha/Trail Running

10 dicas sobre Corrida de montanha/Trail Running
Este texto te ajudou?

Está cansado de correr na cidade e sente necessidade de estar mais próximo da natureza? Uma saída então pode ser a corrida na Montanha, ou o Trail Running.

Essa prática vem ganhando cada vez mais adeptos pois além de ser uma experiência diferente de corrida pode trazer inúmeros benefícios para quem escolhe a montanha como cenário de corrida. Nesse texto vamos te dar 10 dicas para iniciar essa prática.

O que é Corrida na Montanha

Ainda que pareça que a única diferença para a corrida de rua seja o cenário, já que as duas consistem em correr. É importante diferenciar essa prática, já que são modalidades diferentes e por isso tem suas características próprias.

Para praticar o Trail Running (como é conhecida a corrida de montanha em inglês) é necessário aprender algumas técnicas de corrida para fortalecer a musculatura corporal e desenvolver as habilidades para essa prática: resistência, equilíbrio e orientação.

Diferenças entre corrida de rua e corrida na montanha

– Na montanha o terreno tem desnível, diferente da pista que é estável.

– Existe diferenças na técnic: na montanha é necessário utilizar uma passada mais curta para manter o equilíbrio

– Na corrida de asfalto geralmente mantemos rítmo constante, na montanha isso não acontece

– Devido as subidas e descidas o trabalho das pernas é muito mais intenso na corrida na montanha

10 dicas essenciais para começar a correr na montanha.

  1. ) Lembre-se de aprender a pisada para correr na montanha e de mudar o equipamento de corrida (roupas e tênis).

Já escrevemos aqui 6 dicas para escolher seu tênis de corrida.

2) é necessário passar por um processo de adaptação. Por isso, antes de sair correndo montanha acima (ou abaixo) é importante estar adaptado a exercícios que vão te ambientar a esse novo terreno.

3) Não deixe de utilizar as mãos durante a corrida na montanha, principalmente na subida.

4) Na hora de descer é importante conhecer e praticar a técnica. Recomenda-se passos curtos e rápidos para manter um maior controle sobre o corpo.

5) comece com trajetos mais fáceis. Principalmente no inicio evite montanhas com muitas subidas e descidas.

6) Escute seu organismo. Foque em não ter um maior esforço nas primeiras saídas. Já que isso pode ocasionar lesões.

7) Realize um plano de treinamento orientado para essa prática antes de ir correr na montanha. O acompanhamento de um profissional é sem sombra de dúvidas a melhor opção.

8 ) Não vá sozinho. Principalmente nas primeiras vezes é possível que ocorram alguns imprevistos. Por isso, quem está acompanhado pode lidar melhor com deles.

9) Utilize mochila. As corridas de montanha geralmente são mais difíceis que a de asfalto. Levar algum material para realizar curativos, líquidos e algum alimento pode ser uma excelente opção.

10) Não se esqueça do tempo. Mais do que os tempos para o seu treino, ter algum equipamento que te informe a hora pode evitar que você se sobrecarregue ou mesmo que perca tempo sem perceber. Na montanha: saber a hora de voltar é essencial.

Como qualquer outra prática esportiva o acompanhamento de um profissional é essencial. A corrida na montanha exige técnica, preparação e uma certa experiência.

Além disso, o fato de estarmos em contato com a natureza modifica totalmente a experiência de corrida. E ao mesmo tempo que isso pode ser muito bom (como as paisagens, o clima e a diferença de ar) também pode trazer imprevisto que não estamos acostumados (como por exemplo a falta de sinalização, a presença de animais e plantas que podem acabar nos ferindo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.